Brasília-DF,
22/SET/2017

Passarela da Alegria recebe o Grupo de Acesso nesta segunda-feira

Nesta terça-feira (4/3), o Grupo Especial entra em campo para buscar o troféu. No sábado, Acadêmicos do Riacho Fundo 2 e Mocidade de Valparaíso foram destaques

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mara Puljiz Roberta Pinheiro - dired Publicação:03/03/2014 08:02Atualização:03/03/2014 09:48
Criatividade é a palavra de ordem para as cinco escolas de samba que atravessam hoje, a partir das 20h, a Passarela da Alegria. Agremiações do Recanto das Emas, do Guará, do Varjão, de Taguatinga e de Samambaia começam a disputa por uma vaga no Grupo Especial — que desfila amanhã. A “avenida” foi montada ao lado do Ginásio Nilson Nelson e deve atrair um público de 40 mil pessoas nas arquibancadas e camarotes nos quatro dias de desfile — de sábado até a noite de terça-feira. A primeira escola do Grupo de Acesso a entrar no sambódromo em 2014 é a Capela Imperial de Taguatinga.

A presidente da agremiação, Cíntia Aquino, garante que a comunidade estará em peso para disputar o primeiro lugar do grupo. “Nosso grito é 2014, o ano da Capela de volta ao Grupo Especial”, comenta. O samba-enredo tem como tema Tem amor, tem magia, tem sedução, meu perfume vai despertar emoção. A escola entra com 500 componentes, 45 ritmistas e três carros alegóricos. A Capela Imperial tem 38 anos e foi campeã do acesso em 2011. Ela também traz, diretamente do Rio de Janeiro, o intérprete Leandro Santos, que já atuou pela Estácio de Sá e pela Vila Isabel.

Destaque do Projeto Colibri, de São Sebastião: grupo resolveu promover a cultura amazonense na avenida (Ed Alves/CB/D.A Press)
Destaque do Projeto Colibri, de São Sebastião: grupo resolveu promover a cultura amazonense na avenida


Por volta das 21h, será a vez da Aruremas, do Recanto das Emas. A escola de samba entrou no clima de Copa do Mundo e promete fazer um desfile em verde e amarelo. Com o samba-enredo Brasil, país do samba e do futebol, a agremiação desfila com 532 componentes, três carros alegóricos e 80 pessoas na bateria. A escola foi fundada em 1997 e carrega no histórico dois prêmios — o primeiro, em 2003, quando passou de bloco para o Grupo de Acesso, e o segundo, em 2008, quando subiu para o grupo especial.

Pequeno príncipe

Inspirada no clássico livro de Antoine de Saint-Exupéry, a Unidos do Varjão planeja apresentar um festival de cores na Passarela da Alegria. A festa deve começar por volta das 22h. O samba-enredo que guia o desfile é O Pequeno Príncipe no planeta do carnaval. De acordo com o diretor administrativo, Igor Gustavo Caldas, a escola traz mensagens de simplicidade, da importância das pequenas coisas na vida e do essencial que é invisível aos olhos. A Associação Recreativa e Cultural Unidos do Varjão, nome oficial da agremiação, desfila com 450 componentes, 2 carros alegóricos, um tripé e 50 ritmistas. “Nossa expectativa para este ano é muito boa, porque como é um tema muito alegre, as fantasias são bem coloridas”, declara o diretor.

A quarta agremiação que deve agitar o público de Brasília passará pelo sambódromo às 23h. A Dragões de Samambaia desfila com três carros alegóricos e 500 componentes. Com o enredo Artesanato, nossa vida, nossa gente, o grupo pretende fazer uma homenagem aos artistas do país. “Vamos contar a história do artesanato desde o tempo das cavernas, do índio, das regiões do país. A gente fala sobre a cultura de Cavalcanti, mestre Vitalino e também do artesanato com reciclagem. É um enredo patriota, homenageando os artesãos do Brasil”, explicou Vicente Bezerra, presidente da agremiação de Samambaia.

A última a se apresentar hoje será a Império do Guará. A escola de samba traz o tema A maravilhosa e delirante viagem ao encantador mundo das ilusões, sobre o mundo de fantasias da criançada. Serão três carros alegóricos e cerca de 580 passistas desfilando, entre eles, 200 pequenos foliões, a partir de 12 anos. A apresentação começa por volta de meia-noite. “Faremos um desfile muito bonito. Vamos trazer personagens como Capitão Gancho, Sininho, Chapeleiro Maluco. Vai ser muito divertido”, garante o presidente da agremiação, Mário Santos. A rainha do carnaval de Brasília, Veruska Souza, é a rainha da bateria da escola de samba. Ela estará vestida de fada madrinha e será uma das principais atrações da agremiação.



Desfiles

Grupo de Acesso, hoje, 20h
» Capela Imperial
» Aruremas
» Unidos do Varjão
» Dragões de Samambaia
» Império do Guará

Grupo Especial, amanhã, 20h
» Unidos da Vila Planalto/Lago Sul
» Aruc
» Acadêmicos da Asa Norte
» Bola Preta de Sobradinho
» Mocidade do Gama
» Águia Imperial da Ceilândia

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.