Brasília-DF,
13/DEZ/2017

Bloco Baianas Ozadas arrasta mais de 10 mil pessoas pelas ruas do Centro de BH

Um dos mais aguardados da programação, grupo apresenta repertório de axé com homenagem a Dorival Caymmi

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Estado de Minas Publicação:03/03/2014 16:19
 (Christina Horta/EM/D.A Press)

Um dos mais famosos e aguardados blocos do carnaval de Belo Horizonte, o Baianas Ozadas tomou as ruas do Centro da cidade na tarde desta segunda-feira de Carnaval. Assim como no ano passado, a bateria se reuniu na Praça da Liberdade por volta das 11h da manhã, onde afinou os instrumentos, se concentrou para a saída, e atraiu milhares de pessoas.

No início da tarde, o bloco desceu a Avenida João Pinheiro, rumo à Avenida Afonso Pena, já acompanhado por cerca de 10 mil foliões. No repertório, músicas clássicas do axé music, como Timbalada e Olodum, além de várias canções de Dorival Caymmi, homenageado pelo bloco neste ano.

Com a previsão de cinco horas de desfile, o Baianas Ozadas passa ainda pela Rua da Bahia, Rua dos Tamoios (onde as baianas fazem a lavagem da escadaria do Edifício Sulacap) e seguem para a praça da Estação, onde a festa termina.

Para quem não conhece, o bloco já desfila em Belo Horizonte há três anos e lembra as famosas baianas com suas roupas brancas e turbantes. A bateria, uma das maiores de todos os blocos que desfilam na cidade, possui 120 batuqueiros, além de dois vocalistas, um guitarrista e um regente. Em 2014, o grupo ainda conta a com a estrutura de um trio elétrico. O detalhe é que todos os instrumentistas, homens ou mulheres, desfilam usando saias.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.