Brasília-DF,
11/DEZ/2017

Com enredo sobre Pernambuco, Mocidade Independente entra na avenida

Homenageando o carnavalesco pernambucano Fernando Pinto, escola busca recuperar jejum de títulos desde 1996

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Julia Chaib Publicação:03/03/2014 21:16Atualização:03/03/2014 22:25

A atriz Mariana Rios é um dos destaques da escola (AFP PHOTO / YASUYOSHI CHIBA
)
A atriz Mariana Rios é um dos destaques da escola


A Mocidade Independente de Padre Miguel dá início a segunda noite de desfiles na Sapucaí, onde vai prestar homenagem ao carnavalesco pernambucano Fernando Pinto, que morreu em 1987. Com o samba-enredo "Pernambucópolis", a escola conta com 3,8 mil componentes, 39 alas e sete carros alegóricos. A agremiação começa o desfile mostrando a chegada de Fernando em um carro futurista para visitar Pernambuco, representado como um disco-voador de led. Depois, a escola segue ressaltando o folclore e a musicalidade da terra conhecida por ser uma das maiores representantes do carnaval brasileiro. A festa em Olinda e o Galo da Madugada, por exemplo, serão retratados na avenida.

Autor de dois enredos “ - Ziriguidum 2001, um carnaval nas estrelas” e “Tupinicópolis”, Fernando Pinto era considerado ousado e futurista.

Com o enredo desta noite, a Mocidade tenta recuperar um jejum de 18 anos sem ganhar o titulo de melhor escola do grupo especial. A agremiação também desfila na avenida após passar por uma recente crise. O ex-presidente da Mocidade, Paulo Vianna, renunciou ao cargo no último dia 5, depois de ser denunciado por falsidade ideológica. Ele estava afastado do cargo desde 27 de janeiro, mas a troca na presidência resultou no atraso de alguns pagamentos, acertados em cima da hora.

 (AFP PHOTO / YASUYOSHI CHIBA
)


Patrocínio
O governo de Pernambuco deve repassar R$ 300 mil à Mocidade. A Secretaria de Cultura de Pernambuco comunicou que a escola fez um pedido formal de apoio ao Governo do Estado, por meio da Empetur. No entanto, a solicitação ainda não foi deferida porque aguarda análise da documentação da empresa que representa a agremiação. O governo de Pernambuco informou que a análise documental é um processo padrão que acontece em todos os procedimentos de contratação artística.

Ouça trecho do samba-enredo

Mocidadade Independente Padre Miguel by Correio Braziliense on Mixcloud

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.