Brasília-DF,
17/AGO/2017

Monjardim fala sobre "O tempo e o vento": tentei dar uma visão feminina

O filme envolveu 120 atores, seis meses de pesquisa junto a Orquestra Sinfônica de Budapeste e um total de R$ 14 milhões investidos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:11/09/2013 15:49Atualização:11/09/2013 16:09

O elenco se juntou ao diretor do filme, Jayme Monjardim, para comentar a produção da obra (Ricardo Daehn/CB/D.A. Press)
O elenco se juntou ao diretor do filme, Jayme Monjardim, para comentar a produção da obra

Em entrevista coletiva concedida à imprensa nesta quarta-feira (11/9), em São Paulo, o elenco do filme O tempo e o vento, do diretor Jayme Monjardim, falou sobre a produção da obra. Com 120 atores envolvidos, seis meses de pesquisa junto a Orquestra Sinfônica de Budapeste para a trilha sonora e um total de R$ 14 milhões investidos, o longa chega aos cinemas em 27 de setembro.

“[O filme] é fruto de um sonho de sete anos. De muita batalha”, afirmou Jayme Monjardim. “Optamos pela 27ª adaptação de roteiro. Percebi que gostaria de dar ao filme uma visão feminina. Bibiana (Marjorie Estiano, em fase mais jovem, e Fernanda Montenegro, posteriormente) tomou as rédeas do filme”, acrescentou o diretor.

A atriz Marjorie Estiano, que interpreta Bibiana, comentou a composição da personagem. “Tentei abstrair o que havia de contemporâneo [em Bibiana]. Trabalho muito com a subjetividade. Minha relação com a personagem foi baseada em afeto”, disse.

Cléo Pires, que vive Ana Terra – personagem interpretada pela mãe da atriz, Glória Pires, na minissérie homônima da TV Globo, em 1985 -, também comentou o trabalho com o longa. “Meu trabalho é emocional. Tento descobrir o estado de espírito da personagem”, frisou. “Tenho algo maternal por ter sete irmãos, e ser a mais velha.”.

A produtora Rita Buzzar, que trabalhou junto a outros dois estúdios no projeto, falou sobre o processo de composição tecnológica do longa. “Às vezes parece que o filme é em 3D, pela tecnologia empregada. Nós queremos quebrar o muro, com o drama, e chegar ao público brasileiro”, finalizou.

O filme

Com produção da Nexus Cinema e Vídeo, Panda Filmes e Globo Filmes, e distribuição da Downtown, O tempo e o vento é baseado em Continente, considerada a maior obra do escritor Erico Verissimo. O filme conta a história da família Terra Cambará e de sua principal opositora, a família Amaral, durante 150 anos. Sob o ponto de vista da luta entre essas duas famílias, são retratadas a formação do Rio Grande do Sul, a povoação do território brasileiro e a demarcação de suas fronteiras.

Confira o trailer



*Com informações de Ricardo Daehn

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES