Brasília-DF,
21/OUT/2017

Bom humor e trilha sonora adequada fazem de 'Chef' um filme popular

O longa-metragem promete ser um sucesso de bilheteria nas próximas semanas

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:15/08/2014 06:02
Carl Favreau  vive um personagem que reconstrói a carreira de chef   (Merrick Morton/ Imagem Filmes)
Carl Favreau vive um personagem que reconstrói a carreira de chef
Quando um road movie encontra um foodie movie, o casamento é feliz e harmonioso. Eis o caso da última empreitada de Jon Favreau (trilogia Homem de Ferro), o filme Chef. No longa, no qual dirige e atua, ele é Carl Casper, um chef de cozinha de um prestigiado restaurante em Los Angeles. Com a visita de um blogueiro de gastronomia e uma crítica ruim, Casper perde a cabeça, o que lhe custa o emprego.

A partir desse ponto, com a ajuda do filho Percy (Emjay Anthony), um menino de 10 anos e craque nas redes sociais, e de seu fiel assistente Martin (John Leguizamo), ele recomeça a carreira em um food truck, numa viagem pelos EUA. Além de refletir a nova grande tendência gastronômica — comida na rua, vendida em barraquinhas ou caminhões —, Favreau constrói um roteiro leve e uma interpretação com boa química entre os personagens, com exceção de Scarlett Johansson no papel da recepcionista Molly, totalmente dispensável.

Outros dois grandes nomes do cinema norte-americano fazem aparições pontuais: Robert Downey Jr, como ex-marido da mãe de Percy; e Dustin Hoffman, como o dono de restaurante autoritário. A trilha sonora empolga, com ritmos latinos e, principalmente, cubanos, assim como a principal receita desse que promete ser um sucesso de bilheteria nas próximas semanas.

Assista ao trailer de Chef:
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES