Brasília-DF,
16/AGO/2017

Mostra Jerry Lewis - O rei da comédia segue até domingo no CCBB

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:13/03/2015 06:09
Uma família fuleira mostra a faceta de diretor do comediante Jerry Lewis (Arquivo CB/Divulgação)
Uma família fuleira mostra a faceta de diretor do comediante Jerry Lewis

Se, como ressalta Francis Vogner dos Reis, um dos curadores da mostra Jerry Lewis — O rei da comédia, “os filmes de Lewis dirigidos por Frank Tashlin são os melhores da fase anterior à investida do astro na direção”, não há momento mais oportuno do que acompanhar a reta final da mostra. Tashlin assina tanto Artistas e modelos quanto Bancando a ama seca.

No primeiro, de 1955, o comediante vive o amigo de um cartunista fora do mercado (Dean Martin) que se atenta para os inspiradores sonhos do personagem de Lewis. Em Bancando a ama seca, Jerry Lewis conserta tevês até que encontra a antiga amada, grávida e viúva.

“Diferente do Chaplin de Tempos modernos, vemos os personagens de Lewis às voltas com o trabalho ligado ao mundo do consumo e da indústria do entretenimento.Ele é uma figura única no cinema americano”, demarca Francis dos Reis.

Cultuado por personalidades como Jean-Luc Godard, que o considerava um gênio, Lewis terá projetados alguns dos filmes em que assumiu, ainda, a direção, entre os quais Uma família fuleira (1965), no qual Lewis vive o tio com potencial para a tutela de uma sobrinha herdeira de enorme fortuna.

Jerry Lewis - O rei da comédia
Até domingo, no CCBB.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES