Brasília-DF,
27/JUL/2017

'Se Deus vier, que venha armado' mistura realidade e lirismo

Vinícius de Oliveira vive o protagonista Damião que trabalha para o PCC

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:13/11/2015 07:00Atualização:12/11/2015 17:48

Os versos do grupo de rap paulista Pavilhão 9 batizam o longa de estreia do diretor Luis Dantas, Se Deus vier, que venha armado. O filme mistura a dura realidade do PCC a momentos de lirismo.
 
Vinicius de Oliveira — o eterno menino de Central do Brasil — vive o protagonista Damião. Preso, ele recebe o indulto de uma data comemorativa e tem o direito de ficar 72 horas em liberdade.
 
Nesse período, ele tem que cumprir uma missão passada de dentro da cadeia pelo PCC: entregar armas para traficantes. Mas no meio do caminho reencontra um grande amigo de infância e se apaixona por uma atriz.
 
Se Deus vier, que venha armado foi filmado em 2012, ano de grandes ataques do PCC na cidade de São Paulo. A equipe pôde sentir de perto a tensão do personagem.
 
Confira as sessões de Se Deus vier, que venha armado aqui.  

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES