Brasília-DF,
16/DEZ/2017

Jornalismo, cinema e a transformação de SP são temas de 'De onde eu te vejo'

Denise Fraga é a protagonista da comédia romântica dirigida pelo marido dela, Luiz Villaça, que também estrela Domingos Montagner e Laura Cardoso

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:08/04/2016 06:15Atualização:07/04/2016 17:41
Domingos Montagner e Denise Fraga formam o casal de protagonistas Fábio e Ana Lúcia (Alexandre Emel/Divulgação)
Domingos Montagner e Denise Fraga formam o casal de protagonistas Fábio e Ana Lúcia

“Ser feliz, às vezes, é saber ficar quieto”, defende a coadjuvante vivida por Laura Cardoso, no novo longa de Luiz Villaça. Contrariando essa crença, os protagonistas da agridoce comédia Fábio (Domingos Montagner) e Ana Lúcia (Denise Fraga) mais do que se movem: se deslocam no tempo e no espaço, num jogo de criaturas civilizadas, às vias da separação. Um detalhe é fundamental para a trama: o ex-casal ficará frente a frente, por causa das curtas distâncias das novas moradas — dois avizinhados apartamentos.
 
Mais romântico e menos caótico do que Durval discos, De onde eu te vejo retrata o “fechamento de algumas cortinas” relacionadas a tristes temas — o ocaso do bom jornalismo e o desaparecimento dos cinemas de rua —, enquanto avança por outros tantos, em especial a transformação de uma cidade como São Paulo.
 
Equilibrando racionalidade à falta de lógica abraçada, de propósito, por alguns personagens, Luiz Villaça reanima o desgastado gênero da comédia romântica dominada por poucos, entre os quais Sandra Werneck. De quebra, ainda oferta proximidade com figuras reconhecíveis, como aquele ciclista chatérrimo, que inspira desprezo, interpretado por Marcelo Airoldi.

Confira aqui os horários das sessões 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES