Brasília-DF,
22/AGO/2017

Nova versão de 'Caça-fantasmas' é feminista e irônica

Filme tem boas tiradas e acerta ao ironizar e atacar o preconceito, mas peca por ser arrastado e durar tempo demais

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Alexandre de Paula- Especial para o Correio Publicação:15/07/2016 07:35Atualização:20/07/2016 15:32
As meninas caça-fantasmas tentam exterminar o preconceito (Reprodução/Internet)
As meninas caça-fantasmas tentam exterminar o preconceito

Quase 30 anos depois da última aparição nos cinemas em 1984, a franquia Caça-fantasmas reaparece nas telonas repaginada. Comandada pelo diretor Paul Feig, a nova versão da equipe que persegue e atormenta “a vida” das assombrações agora é composta apenas por mulheres.
 
A escolha de Feig causou rebuliço nas redes sociais e provocou a ira de usuários que abominavam a escolha de mulheres para a clássica franquia. A resposta de Feig veio da melhor forma: nas telas. Se os críticos raivosos resolverem ir aos cinemas conferir o que o quarteto feminino fez, receberão algumas sonoras porradas. Feig e o elenco não economizaram na ironia e na crítica (eficaz).

Clique aqui e confira as sessões do filme em 2D. E aqui em 3D.
 
A decisão por abordar esse tema e por trazer a diversidade para o elenco talvez seja o maior acerto do diretor. O quarteto — elas mesmas muito diferentes entre si —  funciona bem e trata com leveza e inteligência essas questões.
 
O problema de Caça-fantasmas talvez esteja na extensão. O filme é divertido, tem boas sacadas, mas não tem força para longas duas horas. A partir de um momento, torna-se cansativo e arrastado, já que o roteiro em si não tem força para tanto.

Chris Hemsworth (o Thor) se destaca no papel de Kevin. Ele representa um belo — mas burro —  secretário das caça-fantasmas. A ironia aqui funciona muito bem, tanto pela zoeira com a excessiva e estereotipada figura da loira burra e gostosa em tantos filmes quanto pela inspirada participação de Chris, que fez muito de improviso, segundo Feig.
 
Por fim, Caça-fantasmas está longe de ser um desastre, como muita gente esperava e bradava pela web. É um filme engraçado, sem dúvidas, e, em diversas partes, inteligente, mas peca por não conseguir parar quando deveria: antes de a diversão se tornar enfadonha.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES