Brasília-DF,
30/ABR/2017

Quinta edição do BIFF começa hoje e traz 15 produções na mostra competitiva

Os filmes serão exibidos no Cine Brasília e no Liberty Mall durante os próximos dez dias e conta, ao todo, 90 sessões de cinema

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:04/11/2016 06:21
O clássico 'Por um punhado de dólares' junta o diretor Sergio Leone e um jovem Clint Eastwood (BIFF/Divulgação)
O clássico 'Por um punhado de dólares' junta o diretor Sergio Leone e um jovem Clint Eastwood

Apenas três filmes da mostra competitiva que, ao todo, abrigará 15 produções estrangeiras e uma brasileira, ficam de fora do primeiro fim de semana do 5º BIFF—  Festival Internacional de Cinema de Brasília. Ao longo dos próximos 10 dias, contada a sessão especial (restrita a convidados, hoje à noite), o BIFF trará 90 sessões de cinema. Entre os documentários, amanhã e domingo, haverá sessões, por exemplo, de Em busca de sentido, Zoe e Exercícios da memória. O primeiro trata de questionamentos filosóficos motivados pela viagem, mundo afora, de dois amigos. Já Zoe promete um tom lúdico para a vida de mãe e filha atoladas na crise financeira espanhola, enquanto Exercícios da memória trata da fissura na democracia paraguaia.
 
 
Duas perguntas // Rodrigo Fonseca, coordenador da curadoria
 
Qual o conceito da curadoria?
A meta foi buscar filmes que sinalizassem as principais inquietações estéticas reveladas pelos festivais de Cannes, Berlim, Veneza e San Sebastián, ou seja, os grandes. O foco era trazer uma produção mais pop, de maior poder de comunicação popular.

Qual o enfoque maior em termos de filmografia?
A Europa foi o epicentro numa busca por filmes que apontassem as angústias da tradição e os confrontos transcendentes com as gerações digitais. Polônia, Portugal e Turquia entraram com títulos de mobilização internacional.


Por um punhado de dólares 
(Espanha, Alemanha, Itália, 1966)
Numa súmula do que seja o faroeste, o longa reúne o diretor Sergio Leone e o ator Clint Eastwood. No filme, grupos rivalizam e apostam no mesmo pistoleiro para sanar crise na fronteira mexicana. Amanhã, às 18h30, no Liberty Mall.
 
 
Barash —  O amor bate à sua porta 
(Israel, 2015)
Numa ficção dirigida por Michal Vinik, é o despertar da paixão que tira um jovem de uma rotina tida como incomum. Amanhã, às 21h, no Cine Brasília, e domingo, às 14h, no Liberty Mall.
 
 
Álbum 
(Turquia, 2016).
Competiu ao troféu Câmera de Ouro, reservado a filme de estreante, no Festival de Cannes. Essa ficção de Mehmet Can Mertoglu explora os meandros da extrema manutenção de um segredo em família. Amanhã, às 14h, no Liberty Mall.
 
 
As mãos daquela menina 
(França, 2016).
Baseada em conto dos irmãos Grimm, a animação conduzida por Sébastien Laudenbach trata das consequências da venda da filha de um moleiro para o diabo. Protegida pela pureza, ela escapa da situação e, numa jornada pessoal, encontra a deusa da água, um príncipe e um generoso jardineiro. Faturou a menção de júri do Festival de Annecy, o mais importante dedicado à animação. Domingo, às 18h30, no Cine Brasília.
 
 
Cartas da guerra 
(Portugal, 2016).
Concorrente ao Urso de Ouro do Festival de Berlim, o longa de Ivo Ferreira chega ao BIFF com outro respaldo forte: é baseado na monumental literatura de António Lobo Antunes. Atuando na Guerra Colonial setentista, em Angola, um soldado assenta relação epistolar com a esposa, ao longo de dois angustiantes anos. Amanhã, às 20h, no Liberty Mall.
 
Pizarro 
(Colômbia, 2015).
No documentário de Simón Hernandez, a filha de Carlos Pizarro — o ativista e guerrilheiro que transcendeu como símbolo pela paz —, María José numa busca por justiça, esbarra em momentos devastadores. Pesa o lado pessoal e o registro da impunidade do crime, na poética e dura passagem do líder, assassinado em 1990, que lutava contra a opressão colombina. Amanhã, às 18h, no Liberty Mall. Domingo, às 16h30, no Cine Brasília.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES