Brasília-DF,
25/ABR/2017

Longa que poderá representar o Brasil no Oscar equilibra sensibilidade com realidade

'Pequenos segredos' traz a história de um casal de velejadores que cruza com pessoas de vivências diferentes

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Ricardo Daehn Publicação:11/11/2016 06:12Atualização:10/11/2016 14:36
As aventuras, sofrimentos e alegrias da família  Schürmann pontuam o longa (Diamond Filmes/Divulgação)
As aventuras, sofrimentos e alegrias da família Schürmann pontuam o longa

Bullying, desgostos em família e mortes, mas, ao mesmo tempo, o desvendar de um mundo infantil, idealizado nas cores etéreas e, sobretudo, com a leveza do cor-de-rosa. É disso tudo que trata Pequeno segredo, filme muito pessoal assinado pelo diretor David Schürmann, organizador das expedições dos célebres pais, os velejadores Vilfredo (nas telas, vivido por Marcello Antony) e Heloísa (Julia Lemmertz).
 
Confira as sessões de Pequeno segredo. 
 
Em meio à relação do casal, guiada pelo amor e igualmente pelo espírito aventureiro há o cruzamento de destinos que alinha pessoas de vivências díspares: o desencontrado estrangeiro Robert (Erroll Shand), a singela Jeanne (Maria Flor), a rara avó Barbara (Fionnula Flanagan, exagerada, como que numa caricatura malévola) e, claro, a pequena Kat (Mariana Goulart), uma menina alheia aos percalços do futuro.
 
 
 
Pré-selecionado para concorrer à vaga no Oscar pelo Brasil, o longa acerta no equilíbrio entre cotidiano e sensibilidade, seja no roteiro de Marcos Bernstein (que rechaça melodrama) ou mesmo no uso da música discreta da trilha a cargo de Antonio Pinto. A trajetória da filha, cúmplice e amiga de Heloísa, é urdida no reino das descobertas. Algumas, bem amargas.
 
Numa montagem ousada, que embaralha episódios e personagens, Pequeno segredo ganha. Cresce, ainda mais, pela dedicada e comedida interpretação de Julia Lemmertz, no papel da mãe. Perder, só perde para as imagens encantadoras do documentário que não foi — no fim, numa remexida de arquivo doméstico, desponta a pulsação dos fragmentos da realidade; imensos.


COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK

BARES E RESTAURANTES