Brasília-DF,
24/SET/2018

Instagram defende censura após polêmica de fotos nuas de Rihanna e Scout Willis

Cofundador do aplicativo afirma que os termos são claros e iguais para todos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:06/06/2014 11:47Atualização:06/06/2014 12:35

Scout Willis, em protesto à censura nas redes sociais sobre nudez e padrões na internet (Twitter/Divulgação)
Scout Willis, em protesto à censura nas redes sociais sobre nudez e padrões na internet
Após várias críticas ao Instagram, o cofundador da empresa Kevin Systrom, em entrevista à BBC, defende as regras do aplicativo em relação a nudez.

Systrom afirma que, tudo que se refere ao assunto é "justo" e igual para celebridades e anônimos, tendo como principal objetivo torná-lo mais seguro para o acesso de adolescentes e adultos. De acordo com os termos de uso do Instagram "você não pode publicar fotos violentas, de nu total ou parcial ou sexualmente sugestivas", destaca ele.

Capa da revista francesa Lui, onde a cantora aparece fazendo topless (Twitter/Reprodução)
Capa da revista francesa Lui, onde a cantora aparece fazendo topless

A polêmica ganhou força após a remoção das publicações da cantora Rihanna, em seu Instagram, onde postou a capa da revista francesa Lui, nela, a cantora pop aparece fazendo topless.

Revoltada com a censura nas redes sociais, em especial o Instagram, Scout Willis (22), filha do Bruce Willis e Demi Moore, protestou contra a remoção de uma de suas fotografias e desencadeou um debate sobre os padrões adotados na internet. Ela decidiu andar pelas ruas de Nova York com os seios a mostra durante compras pela cidade.

Pelo Twitter, Scout declarou: "Trata-se de ajudar as mulheres a se sentir com poder de fazer escolhas pessoais a respeito dos seus corpos não ditadas pelo que a sociedade diz ser decente". Ela diz ter se inspirado após a remoção das fotos publicadas por Rihanna, no mês passado. Scout também publicou uma foto de topless com a hashtag #FreeTheNipple (liberte o mamilo), explicando o motivo de sua conta do Instagram ter sido suspensa, alegando ter sido censurada após publicar fotos de nus "artísticos" e "de bom gosto".

Através do Twitter, Rihanna mostrou seu apoio ao protesto.

Foto postada por Rihanna em sua conta, no Instagram, e faz parte de um ensaio sensual feito para a revista francesa Lui. (Instagram/Reprodução)
Foto postada por Rihanna em sua conta, no Instagram, e faz parte de um ensaio sensual feito para a revista francesa Lui.

_______

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK