Brasília-DF,
08/AGO/2020

Divórcio do cineasta Michael Moore revela fortuna de US$ 50 milhões

Os documentos judiciais revelam que o diretor acusa a ex-mulher, que produziu alguns filmes, de má administração das contas nos últimos anos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
France Presse Publicação:28/07/2014 10:02
 (Lucy Nicholson/Reuters)

O divórcio iniciado por Michael Moore e sua esposa revelou a fortuna do cineasta norte-americano, conhecido por criticar os excessos do capitalismo em seus documentários. "Kathleen e Michael chegaram a um acordo amistoso", após 22 anos de casamento, diz a página de Michael Moore no Facebook.

Segundo o site Celebritynetworth, o diretor de Fahrenheit 9/11 e Capitalismo: uma história de amor valeria a soma de 50 milhões de dólares. Os documentos judiciais revelam que Moore acusa a ex-mulher, que produziu alguns de seus filmes, de má administração das contas nos últimos anos.

Segundo o jornal Detroit News, Moore não teria tolerado, por exemplo, os altos custos das obras de ampliação da casa do casal, em Michigan. O imóvel, de 900 m², é avaliado em 2 milhões de dólares.

Em declarações feitas anteriormente, Michael Moore já havia reconhecido que se tornou rico graças a seus filmes, mundialmente famosos, e garantiu que pagava todos os impostos e taxas relativos ao espólio.

_______

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK