Brasília-DF,
21/NOV/2017

Polícia de Los Angeles confunde atriz de Django livre com prostituta

Daniele Watts foi acusada de demonstrar afeto em público e foi algemada por dois policiais

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:15/09/2014 09:50Atualização:15/09/2014 10:51
Daniele: 'Eu senti os meus próprios sentimentos de frustração' (Facebook Daniele Watts/Reprodução)
Daniele: "Eu senti os meus próprios sentimentos de frustração"

A atriz negra Daniele Watts, que atuou em "Django Livre" do diretor Quentin Tarantino, acusou a polícia de Los Angeles de racismo depois de ter sido detida por alguns minutos ao lado do marido branco sob a acusação de prostituição. Watts e o marido, Brian Lucas, denunciaram que foram algemados, detidos e interrogados depois que ambos demonstraram afeto em público na quinta-feira. Os dois afirmam que a atriz sofreu cortes nos braços pelo uso das algemas.

A atriz estava conversando com o pai no telefone perto de uma árvore quando foi abordada por dois policiais que alegaram demonstração afeto em espaço público. Em rede social, Daniele comentou que não tinha feito "nada de errado" e continuou conversando com o pai. Em seguida, outros dois policiais apareceram e a algemaram. "Eu senti os meus próprios sentimentos de frustração por existir em um mundo onde me permiti acreditar que "autoridades" poderiam controlar meu ser ... a minha capacidade de ser", escreveu.

A atriz se recusou em tirar uma foto de identificação para a polícia e foi mantida presa no carro dos oficiais enquanto eles tentavam descobrir quem era. Daniele contou que também cortou os pulsos com as algemas.

O marido da atriz, Brian James Lucas, também comentou sobre o incidente. "A nossa liberdade não é liberdade, pessoal. Quando as pessoas podem abusar dos outros sem nenhuma razão ou evidência em tudo só porque "acham" que receberam poder de pesssoas iguais a nós", desabafou.

O Departamento de Polícia de Los Angeles explicou no domingo que respondeu a uma ligação de um cidadão preocupado com uma "exposição indecente" dentro de um automóvel Mercedes com a porta aberta. Após a detenção do casal, uma investigação determinou que nenhum delito foi cometido e o casal foi libertado, segundo a polícia. O incidente aconteceu em Studio City, um bairro exclusivo do norte de Los Angeles.



Com informações da France Presse

_______

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES

EVENTOS






OK