Brasília-DF,
21/SET/2021

Chef Roberto Ghiraldini revela o segredo do prepraro do frango frito

O alimento é um dos clássicos da cultura dos Estados Unidos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:12/07/2013 06:04Atualização:11/07/2013 14:34

'O frango frito é a comida do dia a dia no sul dos EUA' (	Viola Junior/Esp. CB/D.A Press)
"O frango frito é a comida do dia a dia no sul dos EUA"

O frango frito é um dos clássicos da culinária americana mundo afora. Muito presente em todo o país, a iguaria começou sua caminhada pelo sul, zona predominantemente rural. “Desde o pós-guerra, o frango frito é a comida do dia a dia no sul dos EUA. Lá eles comem com as mãos e tanto no almoço como à noite”, afirma Roberto Ghiraldini Junior, que comanda duas lojas da Fry-Chicken na capital federal.


O segredo do frango frito é deixar a carne crocante por fora e sequinha por dentro. “Isso é possível com uma técnica desenvolvida há cerca de 50 anos, com uso de gordura vegetal no lugar do óleo. O frango frita em sete minutos e fica perfeito”, ensina Roberto, derrubando o mito de que o prato é gorduroso. Uma curiosidade apresentada por ele é que não é apenas a coxa e as asinhas que são servidas como frango frito: “Tem gente que pensa que só essas partes servem. Aproveitamos muito da ave”.


Em suas lojas, chamam a atenção as cestinhas servidas acompanhadas de polenta, mandioca ou batata fritas. A indicada para a família toda vem com nove pedaços de frango e custa R$ 22,80. "È uma pedida perfeita para um happy hour, porque combina muito bem com chope", indica Roberto.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK