Brasília-DF,
21/SET/2017

Sommelier ensina os tipos de taças de vinho e como combinar com o vinho

Daniel Souza montou um guia para auxiliar na escolha das taças

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira, especial para o Correio Publicação:19/07/2013 06:05Atualização:18/07/2013 13:56

1 Taça Bordeaux (vinho tinto), 2 Borgonha (vinho tinto), 3 Taça para vinho branco e rosé, 4 Taça flûte (espumante), 5 Taça para água (Carlos Moura/CB/D.A Press)
1 Taça Bordeaux (vinho tinto), 2 Borgonha (vinho tinto), 3 Taça para vinho branco e rosé, 4 Taça flûte (espumante), 5 Taça para água

A qualidade de um vinho se mede pelo visual, pelo aroma e pelo sabor. Quando se pula uma dessas etapas, a satisfação não é completa. Por isso, é imprescindível possuir taças corretas para cada tipo de vinho. Uma cozinha gourmet não está completa sem os modelos Bordeaux, Borgonha, flûte e ISO, por exemplo. As opções são diversas, porque cada tipo de uva pede uma taça diferente.

Há quem se deixe levar pelo material, como as desejadas taças de cristal. Ou quem se importe somente com o tamanho do bojo. No entanto, algumas regras precisam ser seguidas, tanto por um iniciante no mundo dos vinhos quanto por um amante experiente da bebida.

Não é necessário um especialista em casa para entender tantas funções e especificidades. O Divirta-se mais, com a colaboração de Daniel Souza, sommelier da Vintage Vinhos, montou um guia para auxiliar na escolha das taças. As características a serem observadas nesse utensílio alteram por completo o prazer de se degustar um vinho.

Daniel Souza ensina quais os tipos básicos de taças de vinho

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK