Brasília-DF,
21/SET/2017

Restaurante de cozinha italiana promete grelhados e massas no cardápio

Ainda sem nome, o restaurante tem previsão de abrir este ano no Hotel Cullinan Hplus Premium

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Liana Sabo Publicação:19/07/2013 06:07Atualização:18/07/2013 13:59
Linguiça de pernil suíno acompanha fettuccine ao molho toscano, um dos cinco pratos do festival de massas do L'Affaire (NM3 Consultoria/Divulgação)
Linguiça de pernil suíno acompanha fettuccine ao molho toscano, um dos cinco pratos do festival de massas do L'Affaire

Quando abrir ainda este ano, o Hotel Cullinan Hplus Premium, no Setor Hoteleiro Norte, considerado o primeiro seis estrelas da cidade, o restaurante de cozinha italiana contemporânea com 110 lugares já terá o menu de pastas testado e aprovado por quem entende de sabor. O chef Marcello Piucco, um dos três sócios do restô (os outros são Rodrigo Nogueira e Osvaldo Henrique Sales), concentra-se na elaboração dos pratos, que atendem uma fórmula simples: grelhados e massas.

"O brasiliense gosta muito de carne", atesta o chef gaúcho, de 39 anos, com passagem na costa leste americana e em Vermont, fronteira com o Canadá, há oito comanda os fogões do L’Affaire, transferido da sobreloja de um Hotel Mercure para o térreo de outro no endereço vizinho. Sua única dúvida é quanto ao serviço: se oferece a massa no prato e a carne na mesa ou se serve o grelhado individual e leva a pasta na panelinha para que o cliente se sirva dela ainda quente.

Até a abertura da casa, cujo nome ainda não foi escolhido, o chef já terá equacionado o problema com base na aceitação do próprio menu lançado esta semana, em caráter excepcional, durante as férias de julho. São cinco massas - pappardelle, fettuccine, linguine, tortiglione e espaguete - e cinco molhos à base de carne.

Artesanal

Uma máquina de fazer macarrão manual com ingredientes naturais - somente ovos (tem de ser caipira) e farinha de trigo grano duro -, feita em bronze, em Caxias do Sul, é usada na confecção das pastas. Para cada uma, há um cilindro diferente, com ranhuras para que a massa se mescle bem com o molho. Depois de secas, elas cozinham em água quente até obter o ponto desejado - muito firme, como gostam os italianos. “Na verdade, elas terminam de cozinhar dentro do molho”, observa Piucco.

Ritual à parte, é a confecção das linguiças de carne suína, que escoltam as pastas. Com pernil de porco, toucinho e erva-doce, é preparada a linguiça servida no fettuccine ao molho toscano de pimentões, cebola e tomate. Já com a linguiça de picanha suína com um toque de cominho é feito um ragu que acompanha o tortiglione. O papardelle vem com molhos Alfredo e pesto e peito de frango grelhado; o espaguete com ragu de carne de panela e o linguine ao molho de tomate seco e rúcula trazem um delicado polpettine de frango. Difícil escolher o prato, que sai por R$ 26, cada um, e é servido no almoço e no jantar. O 1º Festival de Massas do L’Affaire vai até 31 de julho. Reservas pelo telefone: 3326-7130.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK