Brasília-DF,
12/NOV/2018

Estação mais fria do ano pede um pouco de calor à mesa

É tempo de degustar risotos, escondidinhos e fondues

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:26/07/2013 06:00Atualização:25/07/2013 14:22

Drink do chef: licor Baileys, leite vaporizado e açúcar mascavo (Viola Júnior/Esp. CB/D.A Press)
Drink do chef: licor Baileys, leite vaporizado e açúcar mascavo
O inverno é inspirador. Escritores, compositores, cineastas, chefs. Todos já beberam na fonte da estação mais fria do ano. Quem gosta de comer bem não tem do que reclamar. Chocolate quente, drinks à base de café, fondue e tantas outras delícias entram em cena. É tempo de se deliciar com pratos e comidinhas que ficam mais gostosos se degustados quando estamos em boa companhia e agasalhados.

O nutricionista e professor de gastronomia Aldemir Mangabeira ressalta que o corpo não sente necessidade de mais calorias nessa época do ano. “É um hábito ligado à sensação de conforto, que o alimento quente causa quando o tempo está mais frio”, afirma. E completa: “Quando ingerimos um alimento mais quente no frio, ele nos esquenta de dentro para fora e a sensação de calor aparece”. Dessa forma, Mangabeira indica sopas e caldos e bebidas, como chocolate quente.

Doçura e cremosidade

Barista do Café do Chef, instalado na Asa Norte, Sérgio Kumon afirma que a procura por drinks feitos com a bebida e pelo chocolate quente da casa aumentam bastante na estação. Um dos mais pedidos é o drink do chef (R$ 15), que combina licor Baileys, leite vaporizado, espresso em fio e açúcar mascavo. “A combinação de café com bebida alcoólica, como licor ou uísque, é clássica e esquenta ainda mais a bebida”, explica o barista.

'Não pode adicionar muito chocolate, porque fica forte demais', esclarece o barista (Janine Moraes/CB/D.A Press)
"Não pode adicionar muito chocolate, porque fica forte demais", esclarece o barista
O chocolate quente (R$ 12) é uma das estrelas do cardápio do café. Segundo Sérgio, o sucesso se deve ao chocolate belga e à proporção de chocolate e leite usada na receita. “Não pode adicionar muito chocolate, porque fica forte demais e, ao contrário do que muita gente pensa, amarga”, esclarece o barista, que serve a bebida decorada com pó de cacau e oferece a versão com marshmallow (R$ 15).

Bolo de fubá

Outra casa que aposta no chocolate quente, principalmente nessa época do ano, é o café Bem Casado, também na Asa Norte. A bebida é servida nas versões com e sem creme, a R$ 6,50 e R$ 7, respectivamente. A proprietária da casa, Lúcia Helena de Conti, destaca que o chocolate usado na receita é 50% cacau e que a bebida leva também chantili caseiro. Para acompanhar, a empresária sugere uma fatia de bolo de fubá (R$ 3,40) ou de café com amêndoas (R$ 3,90).

 

Assista vídeo no qual o barista do Café do Chef, Sérgio Kumon, fala sobre os drinks caruaru e mantiqueira

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK