Brasília-DF,
24/JUL/2019

Partes menos nobres da carne de boi ganham status de estrela em restaurante

O fraldão, por exemplo, que é uma variação da fraldinha tem destaque no Norton Hill

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:02/08/2013 06:02Atualização:01/08/2013 14:20

Fraldão na brasa é o segundo prato mais pedido do Norton Grill (Monique Renne/CB/D.A Press)
Fraldão na brasa é o segundo prato mais pedido do Norton Grill

No restaurante especializado em carnes Norton Grill, as partes menos nobres do boi ganham status de estrelas. O fraldão na brasa servido na casa é o segundo mais pedido do cardápio. “O fraldão é uma variação da fraldinha, mas vem com a capa de gordura e é cortado na horizontal, o que propicia que o tempero penetre na carne e a deixe mais saborosa. Ele tem as fibras mais grossas porque se localiza entre a costela e a traseira do boi, região que é muito irrigada por sangue, o que a faz ser dura. Por isso, leva mais tempo para ser braseada do que um corte de primeira”, explica Humberto Mourão Junior, gerente de Gastronomia do complexo hoteleiro Brasil 21, onde está localizado o restaurante.

Feito na brasa, o fraldão serve de 3 a 4 pessoas e custa R$ 105. Como é uma carne mais pesada, Humberto sugere acompanhamentos leves, casos do palmito grelhado (R$ 11) e dos aspargos na manteiga (R$ 12). Outra boa pedida é o arroz biro-biro (R$ 9). Um detalhe é que o prato é finalizado à mesa, na frente do cliente, quando a carne é fatiada e, em uma chapa, termina de atingir o ponto desejado. “Como não estamos falando de um filé-mignon, esse tempo é um pouco maior”, ressalta Humberto. O sucesso da comida é tamanho que o gerente já estuda outro corte considerado de segunda para colocar no cardápio da casa, que deve ser reformulado no início de 2014.

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK