Brasília-DF,
17/SET/2021

Brasileiros visitam a Argentina para conhecer vinhos e carnes

Issa Attie, do Bsb Grill, explica que a vantagem argentina é o boi Aberdeen Angus, que dá origem a uma carne suculenta

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:16/08/2013 06:08Atualização:15/08/2013 19:04
Bife de chorizo, como o do Bsb Grill, é amplamente consumido 
em terras portenhas (Breno Fortes/CB/D.A Press
)
Bife de chorizo, como o do Bsb Grill, é amplamente consumido em terras portenhas

A argentina é o segundo país que mais atrai brasileiros. Turistas partem rumo à ao vizinho hermano em busca de carnes e vinhos. Os cortes de lá, se diferenciam dos brasileiros. Para Issa Attie, do Bsb Grill, a vantagem argentina é o boi Aberdeen Angus, que dá origem a uma carne suculenta e de sabor implacável. "Eles consomem mais contrafilé e o bife de chorizo", acrescenta Attie.

No Bsb Grill, a picanha fatiada sai a R$109, na Asa Norte, acrescida de arroz com brócolis, farofa de ovos e batata frita. Na Asa Sul, a peça custa R$ 136. Já no Corrientes 348, uma das carnes mais solicitadas é o vacio (R$ 120). Outra unanimidade é o ojo de bife, corte retirado do chorizo ancho (R$ 120).

Na Argentina, o arroz não é um acompanhamento tão tradicional quanto no Brasil. No restaurante, o campeão de pedidos é a salada juliana (R$ 42), com alface, tomate, cebola, batata palha, palmito, cenoura e queijo parmesão.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK