Brasília-DF,
22/SET/2017

Sócio do restaurante Piantella comenta sobre sucesso do cardápio

O estabelecimento é especializado no prato steak à moscovite, que une caviar preto e carne vermelha

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Vinicius Nader Publicação:30/08/2013 06:03Atualização:29/08/2013 14:33
Marco Aurélio Costa: 'O blinis é pedido por quem tem o hábito de comer caviar' (Ed Alves/CB/D.A Press)
Marco Aurélio Costa: "O blinis é pedido por quem tem o hábito de comer caviar"

Há mais de 30 anos no cardápio do Piantella, o steak à moscovite (R$ 96) chama a atenção pela combinação de caviar preto e carne vermelha. O filé é servido flambado no conhaque, acompanhado de batata dauphine e com caviar de mujol por cima.
O sócio da casa, Marco Aurélio Costa, lembra que já tentou tirar o prato do menu, mas sempre esbarra em pedidos para que ele volte. “Nem todo mundo gosta de caviar. Mas quem gosta pede o prato e repete. Tenho clientes de São Paulo que quando vêm a Brasília, só pedem esse prato”, conta.

Sobre o inusitado de oferecer a iguaria acompanhando carne vermelha, o empresário explica que “cozinha é alquimia” e acrescenta que o prato surgiu por acaso. “Eu gosto muito de caviar. Já fazíamos um filé flambado no conhaque. Um dia, resolvi experimentar e acrescentar caviar à receita e deu certo.”

Uma curiosidade sobre o steak à moscovite é que o caviar é colocado no prato na frente do cliente. Aí é o momento do tradicional choro. “É como na dose de uísque. Tem gente que chora mesmo e pede para caprichar no caviar”, diverte-se Marco Aurélio.

Entrada preparada a pedidos
Os clientes assíduos do Piantella que gostam do caviar já sabem que há outra opção no restaurante que leva a ova. Embora o blinis de caviar e creme de leite azedo não esteja no cardápio fixo da casa, quando a clientela pede, a entrada é preparada na cozinha.

O preço depende da quantidade de caviar disposta sobre a panqueca, mas fica, em média, R$ 150. “O blinis é pedido por quem tem o hábito de comer caviar. A receita fica perfeita se acompanhada por uma taça de champanhe ou até mesmo por uma vodca russa bem licorosa”, afirma Marco Aurélio. No caso do filé, a harmonização pode ser feita com um vinho tinto das castas syrah ou pinot nior.

Assista ao vídeo da equipe do restaurante Piantella preparando o steak a moscovite

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK