Brasília-DF,
16/JUL/2018

Conceitos da cozinha escandinava são apresentados em evento internacional

Mesa Tendências também ressaltou a importância de ligar a culinária do passado com a do futuro

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Liana Sabo - Enviada especial Publicação:14/11/2013 08:38Atualização:14/11/2013 08:49

Anita Klemensen falou sobre a importância da natureza para a culinária e preparou um iogurte aerado com azeite e ervas ( Semana Mesa-SP/Divulgação)
Anita Klemensen falou sobre a importância da natureza para a culinária e preparou um iogurte aerado com azeite e ervas

São Paulo — Depois da Nova Cozinha Espanhola, última revolução gastronômica de que se tem notícia e que tornou conhecidos chefs e restaurantes da terra de Cervantes, chegou a vez da Escandinávia — uma região povoada pelos vikings, quase desconhecida do hemisfério sul, cuja atual proposta culinária foi apresentada por alguns representantes da nova cozinha nórdica na semana passada, em São Paulo.

O uso de ingredientes locais, a qualidade da matéria-prima e o respeito às tradições são pilares comuns à vanguarda da gastronomia mundial. O Brasil está tão bem nesse filme que Alex Atala, o seu principal ator e chef do restaurante paulistano D.O.M., foi destaque da edição internacional da revista norte-americana Time, compartilhando a capa do magazine com o dinamarquês René Redzepi, chef do Noma (Copenhague), e com o norte-americano David Chang, chef do Momofuku (Nova York).

Foi o próprio Atala, sexto lugar no ranking dos 50 melhores restaurantes do mundo pela revista inglesa Restaurant, quem mostrou a foto da capa da Time, que acabara de receber dos Estados Unidos, instantes antes de subir ao palco do Centro de Convenções do Senac, no encerramento do evento Mesa Tendências 2013, promovido em conjunto com a revista Prazeres da Mesa. O editorial da edição semanal novaiorquina, intitulada Os deuses da comida, justifica a escolha do tema porque “os mestres da alta gastronomia de hoje não cozinham somente para o 1% da população: seu impacto é sentido mesmo por aqueles que nunca comeriam em um restaurante nomeado pelo guia Michelin”. Além de fazerem pratos extraordinários, ressalta o texto, esses chefs “nos dizem por que podemos fazer um bem ao planeta ao comer bem”.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK