Brasília-DF,
16/DEZ/2017

Tronco natalino e naked chocotone são novidades para o fim do ano

Comandado pelas chefs Alessandra Lazzarini e Larissa Pissarra, o cardápio da Lalé é recheado de novidades e adaptações

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariana Vieira - Especial para o Correio Rebeca Oliveira Vinicius Nader Publicação:20/12/2013 06:09Atualização:19/12/2013 11:13
Alessandra Lazzarini prepara o naked chocotone: novidade para o Natal (Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Alessandra Lazzarini prepara o naked chocotone: novidade para o Natal
Em 2002, a chef Alessandra Lazzarini se formou em gastronomia em uma universidade carioca. Não demorou até a aprendiz de cozinheira se render à confeitaria. A paixão pelo açúcar a levou a fazer alguns cursos de peso na Itália e na França.

Quando retornou a Brasília, abriu um ateliê que levava seu nome. Até que Larissa Pissarra entrou na sociedade e, juntas, decidiram dar uma nova cara ao negócio, que passou a ser também um café com um enxuto menu de pratos salgados. O nome escolhido, Lalé, é uma junção do apelido da duas.

A dupla já elegeu seus produtos preferidos para este Natal. Entre os quais, o büche de nöel ou tronco natalino, uma tradição francesa que arranca suspiros dos comensais. Mas, diferentemente de como é feito na França, a versão da Lalé troca o de pão-de-ló, e o creme de manteiga pela massa e recheio de bem-casado.

Esse último, o produto mais vendido da confeitaria (em breve, as empresárias abrirão uma fábrica só para a confecção do doce, As Bem-Casadeiras). O tronco natalino sai a R$ 78 e pesa, em média, 1kg. Já o bem-casado individual, ideal para decorar a mesa antes da ceia, sai a R$ 2,80. No rol de novidades, as chefs apresentam uma versão alternativa ao chocotone tradicional (R$ 40). É o naked chocotone (R$ 68), feito com a massa do quitute natalino, que recebe gotas de chocolate ao leite em vez de frutas cristalizadas.

Produtos concorridos

Mesmo com cinco anos de parceria, Alessandra Lazzarini e Larissa Pissarra se surpreendem com o corre-corre anual de dezembro. Com opções de produtos entre R$ 5 e R$ 100, milhares de clientes vão à Lalé em busca de presentes. “O número de pedidos e encomendas cresce até 70%”, afirma Alessandra. Segundo ela, os consumidores preferem os clássicos. Não podem faltar chocolates e tortas com sabores típicos do Natal, como as frutas secas, o pistache e as nozes.
Büche de nöel e naked chocotone compõem a lista de delícias da Lalé para o Natal (Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Büche de nöel e naked chocotone compõem a lista de delícias da Lalé para o Natal

O formato dos doces também encanta, afinal, principalmente na confeitaria, também se come com os olhos. A árvore de Natal feita com chocolate ao leite (R$ 12) é um bom exemplo.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK