Brasília-DF,
22/SET/2021

Flávio Alves inaugura restaurante com nova proposta gastronômica

"Resolvi começar da estaca zero", afirma o restaurateur, formado em administração com especialização em marketing

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Liana Sabo Publicação:20/12/2013 06:12Atualização:20/12/2013 08:05

Flávio Alves ( Ed Alves/CB/D.A Press)
Flávio Alves

Oito meses depois de ter perdido o seu restaurante, chamado Zoun, devido à uma explosão provocada por vazamento de gás, o empresário Flávio Alves, 40 anos, reabre, no mesmo endereço da 404 Sul, outra casa com novo nome e nova proposta gastronômica. “Resolvi começar da estaca zero”, afirma o restaurateur, formado em administração com especialização em marketing.

Nascido em Natal, o empresário, que migrou para Brasília com 2 anos de idade, pertence a uma família de cozinheiros amadores. Ele já teve restaurantes em Belo Horizonte e na capital potiguar. Depois da malograda experiência no Zoun, que ocorreu sete dias depois da inauguração — apesar de a casa ter funcionado desde o fim do ano passado, em low profile —, Flávio Alves redirecionou o foco culinário: trocou a pegada contemporânea por grelhados.

Três Perguntas//Flávio Alves

Você vê semelhanças entre o que ocorreu no seu restaurante, em março, e o acidente que atingiu o Bloco C da 409 Norte no último domingo?


A principal semelhança é que ambos os incidentes foram provocados pelo vazamento de gás. Não sei exatamente o que aconteceu lá, mas, com certeza, foi falha humana porque o registro de gás, uma vez fechado, não abre sozinho. A perícia deverá identificar o que aconteceu.

Que medidas você tomou, em termos de segurança, na reconstrução do seu restaurante,no mesmo espaço ocupado pelo antigo?

A primeira medida diz respeito à seleção de funcionários. No outro restaurante, já havia quatro registros de gás, agora são seis e ainda adicionei detectores, que são baratos e disparam alarme quando há vazamento. O mais importante é o treinamento de pessoal, inclusive para fazer o checklist diário. Ao abrir o restaurante, uma pessoa se encarrega de ativar o equipamento. No fechamento, são dois responsáveis e eu também, quando estou por lá, atuo no desligamento de disjuntores, tomadas e registos gerais.

Que conselho você daria aos outros donos de restaurante sobre essa questão?

Que prestem atenção em tudo e não confiem em ninguém. Melhor é verificar você mesmo os equipamentos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK