Brasília-DF,
26/MAR/2019

Estabelecimento cria cachorro-quente sem salsicha e com ingredientes variados

Iuri Crema, sócio do Über Dog conta as opções oferecidas pela casa

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Publicação:07/02/2014 06:03
 Iuri Crema, sócio do Über Dog: cachorro-quente sai das ruas e invade restaurantes da cidade (Breno Fortes/CB/D.A Press)
Iuri Crema, sócio do Über Dog: cachorro-quente sai das ruas e invade restaurantes da cidade

Antes restrito a carrinhos e trailers, o cachorro-quente, aos poucos, deixa as calçadas e flerta com a alta gastronomia. Aos críticos da glamourização da comida de rua, vale a pena apreciar a ideia: a iguaria tem recebido ingredientes que vão além do milho, da ervilha e da batata palha. De cogumelos ao mexicano guacamole, são inúmeras as variáveis de um cachorro-quente diferenciado. É possível até mesmo tirar a salsicha e criar uma versão vegetariana, trocando-a por queijo coalho.

“Não concordo com o termo gourmet. Acho essa definição desgastada. Prefiro dizer que criamos cachorros-quentes criativos”, afirma Iuri Crema, sócio do Über Dog. Aberta há quase dois anos na Asa Norte e há seis meses em Águas Claras, a casa privilegia sabores mundiais em suas criações. Um deles é o México, de onde veio inspiração para o acapulco e o tijuana (R$ 10,40 cada sanduíche). O primeiro é preparado com guacamole e sour cream e o segundo, com chilli e pimenta jalapeño. Do Oriente, vem o salamaleque (R$ 10,40), com chancliche, cebola caramelada e hortelã.
A pedido do Divirta-se Mais, Iuri Crema criou duas receitas. Inspirada na França, há uma versão vegetariana, em que a salsicha sai de cena, dando lugar ao queijo coalho complementado com mix de cogumelos. Com sotaque holandês, a outra sugestão é o cachorro-quente com linguiça, relish de pepinos e cebolas reduzidas na cerveja.

Já o barbecue (R$ 10,40) não é receita nova, mas um clássico da casa. O sucesso dele se deve ao acréscimo de bacon. “Embutidos, com exceção do presunto, são ótimos complementos para a salsicha, podendo até substituí-la. Vale investir em pepperoni e pastrami”, comenta o empresário, acrescentado que, por sua textura, o presunto do tipo parma também pode rechear o cachorro-quente.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK