Brasília-DF,
23/OUT/2018

Pratos com nomes diferentes chamam atenção nos cardápios dos restaurantes da cidade

Nas casas da cidade, a prática é comum e presta homenagens a pioneiros, autores da literatura nacional, jogadores de futebol e músicos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariana Vieira Rebeca Oliveira Publicação:14/02/2014 06:00Atualização:13/02/2014 15:29
Prato filé à Oswaldo Aranha, servido no Botequim Informal  (Rodrigo Castro/Divulgação)
Prato filé à Oswaldo Aranha, servido no Botequim Informal
Muito mais que a junção de vários ingredientes, a criação de um prato sempre envolve uma história curiosa. Em Brasília, alguns personagens, como o ex-presidente Juscelino Kubitschek, emprestam seus nomes a pratos elaborados por chefs da cidade. Mas as homenagens gourmets vão além. Muitos se perguntam: quem foi Oswaldo Aranha, que virou nome de um filé, ou a tal Martha Rocha, que batizou a torta recheada com creme de ovos, suspiro e chantilly?

Motivado por essa dúvida, o pesquisador curitibano Fabiano Dalla Bonna saiu à procura de histórias escondidas em outras receitas que se relacionassem a personagens históricos (do seu estudo, surgiu o livro Fama à mesa, lançado em 2010). A tendência não é nova. Segundo ele, surgiu no século 19, quando estudiosos passaram a documentar a criação de pratos.

“Comer aquilo que um famoso come ou da maneira que ele gosta é um modo de se apropriar da vida da pessoa homenageada. Um prato que recebe um nome solene tem uma espécie de chancela, uma garantia de que deve ser algo bom. Desperta igualmente a atenção de fãs e curiosos”, avalia.

Nas casas da cidade, a prática é comum e presta homenagens a pioneiros, autores da literatura nacional, jogadores de futebol e músicos. Escolha seu preferido e saboreie um delicioso prato este fim de semana.



Aprenda a receita do filé à Wellington, do livro Fama à mesa:


Receita


Ingredientes

1 peça de filé mignon

6 colheres (sopa) de óleo

2 pacotes de massa folhada

150g de patê de fígado

1 gema

1 cálice de vinho Madeira

5 colheres (sopa) de creme de leite

1 colher (sopa) de suco de limão

Sal a gosto

Pimenta-do-reino a gosto

Modo de fazer

Divida a peça de filé ao meio para obter dois cilindros de 15cm cada, e tempere com sal e pimenta-do-reino;

Frite por 10min em frigideira pré-aquecida até dourar;

Retire e leve a forno em 190º C;

Abra dois retângulos de massa folhada e espalhe o patê sobre eles;

Coloque um pedaço de filé sobre a massa e enrole até cobri-lo;

Misture 1 gema com um pouco de água e pincela na massa;

Leve ao forno novamente até que a massa fique dourada;

Para o molho, despeje o caldo da frigideira em que a carne foi frita em uma panela, com o vinho;

Quando o molho estiver reduzido a metade, adicione creme de leite e suco de limão;

Mexa bem por cerca de cinco minutos;

Coloque sob o filé fatiado e sirva com legumes.
 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK