Brasília-DF,
16/SET/2021

Proprietário da Viçosa cria pastel com nome do Mané Garrincha

O lanche conta com recheio de carne em cubos, cebola e azeitona com catupiry

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Mariana Vieira Rebeca Oliveira Publicação:14/02/2014 06:03
Mané Garrincha, pastel recheado de cubos de carne, azeitona, cebola e catupiry
 (Antonio Cunha/Esp. CB/D.A Press)
Mané Garrincha, pastel recheado de cubos de carne, azeitona, cebola e catupiry

Quando a Rodoviária do Plano Piloto ainda era interestadual e porta de entrada de visitantes do país inteiro, não havia ainda lojas e lanchonetes, com exceção da Viçosa. Hoje, são três unidades da pastelaria na cidade: duas na Rodoviária e outra na 704 Norte.

Ícone da cidade, a pastelaria, fundada em 1960 pelo mineiro Sebastião Gomes, já recebeu políticos e artistas brasileiros e estrangeiros, que provaram o famoso pastel com caldo de cana. O cardápio, que hoje conta com mais de 45 sabores, está repleto de nomes significativos.

Patrícia Rosa, filha de Sebastião, diz que não poderia ser diferente. “Lembro a história da primeira-dama, Sarah Kubitschek. No fim da tarde, ela pedia ao motorista que parasse na plataforma da rodoviária para comprar pastel e caldo de cana”, conta.

O sabor que leva o nome Sarah vem com recheio de tomate seco e muçarela de búfala (R$ 7,10). Outros nomes ilustres figuram no cardápio: o pastel de frango e palmito (R$ 6,60) foi apelidado de Nicolas Behr, e o Mané Garrincha conta com recheio de carne em cubos, cebola e azeitona com catupiry (R$ 7,90). Todos podem ser escoltados pelo caldo de cana, no copo de 300ml (R$ 3,50) ou na jarra de 650ml (R$ 7,30).

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK