Brasília-DF,
20/JUL/2018

Cachaça tem potencial para agradar aos mais diversos paladares

Em concurso internacional de destilados, 61 produtores do país são premiados

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Flávia Franco - Enviada Especial Publicação:12/06/2014 09:31
Produzida pela destilação da cana-de-açúcar, a aguardente brasileira pode ser encontrada nos tipos branca e envelhecida (Flávia Franco/CB/D.A Press)
Produzida pela destilação da cana-de-açúcar, a aguardente brasileira pode ser encontrada nos tipos branca e envelhecida

Florianópolis e Brasília
— Em época de Copa, a cultura e a gastronomia brasileira estão em evidência pelo mundo. Não faltam admiradores e interessados em saborear pratos clássicos, como a feijoada e o churrasco, e a famosa caipirinha. A bebida é feita com um destilado que segue o ritmo de reconhecimento e tem desbravado o mercado internacional. A cachaça daqui é vitoriosa. Na edição deste ano do Concours Mondial Spirits Selection (Concurso Mundial de Destilados, em tradução livre), realizada no último fim de semana, em Florianópolis, saiu do evento com 61 medalhas, a maior soma da disputa que teve mais de 200 rótulos inscritos.

Produzida pela destilação da cana-de-açúcar, a aguardente brasileira pode ser encontrada nos tipos branca e envelhecida. O processo de fabricação pode ser feito de forma industrial ou artesanal. No caso da primeira opção, a bebida é fermentada por meio de aditivos químicos e, depois, passa para colunas de destilação, usadas normalmente em produções de grande escala. Já as artesanais surgem de um processo de fermentação natural e são destiladas em alambiques de cobre.

A distinção entre a branca e a envelhecida se dá em uma segunda etapa. A branca tem essa coloração por não ficar em tonéis de madeira, diferentemente da envelhecida. Na verdade, dizem especialistas, a cachaça sem cor “descansa” em tonéis de materiais diferentes, como o aço inox. Nos recipientes de madeira, o líquido fica por um, dois ou até mais anos, o que faz com que adquira características do produto em que está imerso. “A cor, o aroma e o paladar sofrem interferência do tipo de tonel e do tempo de exposição a ele”, explica Thiago Medrado, produtor da cachaça Salinas, premiada com medalha de ouro no concurso.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK