Brasília-DF,
18/SET/2021

Restaurante 'Xique Xique' tem na culinária do nordeste sua marca registrada

Há 35 anos, passado de pai para filho, a casa mantém sucessos regionais nordestino como a carne de sol, mandioca e feijão de corda

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Bernardo Bittar - Especial para o Correio Mariana Vieira Rebeca Oliveira Publicação:13/06/2014 06:08Atualização:12/06/2014 15:07
As receitas servidas no Xique Xique lembram o nordeste brasileiro
 (Breno Fortes/CB/D.A Press
)
As receitas servidas no Xique Xique lembram o nordeste brasileiro
O cacto das regiões áridas do Nordeste virou nome de restaurante em Brasília. Inaugurado há 35 anos, o Xique Xique continua tendo como marca registrada a carne de sol completa (R$ 74). As generosas fatias de contra-filé são assadas na brasa e escoltadas por feijão de corda, paçoca de carne, mandioca (cozida ou frita) e arroz. Para incrementar, é possível acrescentar queijo de coalho. Neste caso, o prato sai a R$ 84.

Natural de Caicó (RN), Rubem Lucena foi o responsável por trazer os sabores nordestinos para Brasília. Agora, o Xique Xique é legado do filho, Robson, que manteve o cardápio intocado. "Em time que está ganhando não se mexe. Recentemente, recebemos o selo "A" da Anvisa, uma prova que estamos dando uma goleada", brinca Robson. A paixão pela comida regional se expandiu para outros membros da família Lucena. Os primos Anderson e Thiago Lucena abriram, respectivamente, os restaurantes Savassi (no Guará) e Mandaka (em Taguatinga), nos quais a carne de sol também é o ponto forte.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK