Brasília-DF,
23/SET/2021

De olho na alimentação dos jornalistas do Mundial; Confira o cardápio servido

O carro-chefe é a tradicional feijoada, à noite, um coquetel com canapés, folhados, quiches e outros petiscos

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Liana Sabo Publicação:27/06/2014 06:13
Quiche de legumes (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Quiche de legumes
Se há uma categoria que está se alimentando bem neste Mundial é a dos jornalistas. No QG da imprensa, especialmente estrangeira, comandado pela Coordenadora de Comunicação para a Copa, Samanta Sallum, atua a maranhense Tatiany Araújo, de 39 anos, dos quais 12 são no comando do Tatys Buffet, na 414 Sul.

Contratada para servir café da manhã e brunch, a banqueteira decidiu "introduzir um ou dois pratinhos salgados no almoço". A aceitação foi tão boa que a chef teve o contrato refeito para incluir o menu trivial, preparado "de um dia para o outro". Lá não entra bebida alcoólica, só sucos feitos da própria fruta - dois sabores por refeição.

O carro-chefe tem sido a feijoada, que vai à mesa quando joga o Brasil, como na segunda-feira. Diariamente, cerca de 280 jornalistas usam o espaço que oferece computadores, internet e televisores para acompanhamento dos jogos. Para o último dia, 13 de julho, Tatiany está planejando um coquetel à noite, com canapés, folhados, quiches, além de outros petiscos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK