Brasília-DF,
12/NOV/2018

Na capital há mais de 50 anos, restaurante Roma mantém tradição e pratos clássicos

No cardápio, clássicos como o filé à francesa e o filé à Chateaubriand que acompanha batatas sautée e legumes.

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Bernardo Bittar - Especial para o Correio Rebeca Oliveira Mariana Vieira Publicação:08/08/2014 06:01
Simon Pitel, o belga que, há mais de 50 anos, comanda o restaurante Roma
 (Antonio Cunha/CB/D.A Press)
Simon Pitel, o belga que, há mais de 50 anos, comanda o restaurante Roma
Em mais de cinco décadas, o Roma viu a cidade se transformar. "Não troquei só os valores dos pratos, mas passei por várias moedas antes do Real", brinca Simon Pitel, belga que comprou o lugar em 1960 e comanda a casa deste então. Na decoração, chama a atenção a sobriedade de um ambiente que já recebeu presidentes da República como clientes. No cardápio, estão preparos clássicos, como o filé à francesa ( R$ 87,90 - para duas pessoas), servido com refogado de batata palha, ervilha e presunto; ou o filé à Chateaubriand (R$ 89,90 - para duas pessoas), que acompanha batatas sautée e legumes.

Simon não nega o sucesso do prato mais pedido na casa. "Dizem que servimos a melhor parmegiana do mundo. Eu não conheço o mundo, mas conheço Brasília, e a minha é a melhor da cidade".

De segunda a sexta, tanto a parmegiana de filé quanto a de frango saem por R$ 44,90 (individual) no rodízio com guarnições, que podem ser arroz, batata frita, purê de batata, nhoque, espaguete ou talharim. À la carte, sai por R$ 86,90 (para duas pessoas). Para acompanhar, a sugestão da casa é o vinho Concha y Toro cabernet suavignon (R$ 29,90).

Roma
(511 Sul, Bloco B, loja 61; telefone 3346-4030), aberto de segunda à sexta das 11h30 às 15h, e das 19h à 0h; sábado e domingo, das 11h30 às 17h, e das 19h à 0h.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK