Brasília-DF,
17/SET/2021

Confira as diversidades de sabores na gastronomia das cidades goianas

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Liana Sabo Publicação:05/09/2014 06:12Atualização:04/09/2014 15:22
Chef francês Bernard Charret (Didier Gentilhomme/5ºSlow Filme)
Chef francês Bernard Charret
A melhor empada

Ainda na Rua do Bonfim, 27, numa minúscula lojinha, José Augusto de Sousa relançou a Tia Rosinha Delicatessen, famosa grife de doces que sua mãe fundou em Goiânia e manteve em funcionamento nos anos 1980 até ir trabalhar no Castro's Hotel. Em parceria com o estudante de gastronomia Eduardo Sales, o filho de Tia Rosinha oferece uma seleção de empadas que são as melhores da cidade. Com recheio de frango caipira, pequi e guariroba ou de camarão, palmito e bacalhau elas saem a R$ 5, cada uma.

Além de docinhos, como o "cajuzinho", feito de baru, que não leva amendoim e, por isso, se chama baruzinho, há tortas como cheesecake com cobertura de musse de goiaba (foto) e a alemã. Telefone: (62) 331-1576.

Surpresas orgânicas

Juan Pratginestós, o fotógrafo de origem catalã que saiu de Brasília para cozinhar em Piri, vai ceder domingo o comando das caçarolas do renomado Montserrat, aberto há quatro anos, à margem do Rio das Almas, para o chef francês Bernard Charret (foto) praticar um menu orgânico.

Estão previstos uma rillete de porco, galinha caipira, batata-baroa e outros ingredientes locais que ainda serão apresentados ao defensor da cozinha territorial. Reservas podem ser feitas pelo e-mail slowfilmefestival@gmail.com.

Para quem quiser saborear a comida típica goiana, o melhor lugar é Pedreiras, restaurante que fica na Estrada dos Pirineus, km1,5, com fogão à lenha de onde saem fumegantes pratos regionais. O espaço ainda tem piscina natural, além de trilhas. Telefone: (62) 3331-1025. Outro endereço de boa cozinha é a Venda do Bento, misto de museu, adega e bar, onde nos fins de semana e feriados são servidos almoço e jantar. Mais informações pelo (62) 3331-1162.

Delícia da Villa do Comendador

Um prato que resume a diversidade de sabores de Goiás encontra-se no cardápio do restaurante Da Villa, bem pertinho de Piri: o Risoto do Cerrado. Preparado com lascas de pequi, guariroba desidratada, linguiça da região, pedaços de frango, açafrão e o jeitinho goiano de harmonizar sabores tão distintos. Essa mistura deliciosa, elaborada pelos chefs Bruno Renna e Fábio César, pode ser apreciada na pousada Villa do Comendador.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK