Brasília-DF,
20/SET/2017

Iogurte pode ser usado com combinações saudáveis e saborosas

Ele pode, e deve, ser combinado com outros ingredientes. Há sobremesas, entradas e pratos principais em que ele é elemento-chave

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Flávia Franco Publicação:11/09/2014 09:34Atualização:11/09/2014 10:50
No salmão ao molho de iogurte, o laticínio ganha uma pitada de sal. O tempero e a acidez natural do ingrediente dão sabor marcante à receita  (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
No salmão ao molho de iogurte, o laticínio ganha uma pitada de sal. O tempero e a acidez natural do ingrediente dão sabor marcante à receita

Na maioria das cozinhas, o iogurte faz parte do grupo de produtos praticamente “imexíveis”. Até leva um pouco de granola ou pedaços de fruta, mas é consumido de forma muito parecida com a que sai dos supermercados. Um desperdício. O ingrediente pode incrementar pratos simples e atuar como substituto de curingas da gastronomia, como o leite, o creme de leite e a maionese; deixando, assim, receitas tradicionais bem mais leves. Aprenda com especialistas em gastronomia ouvidos pelo Correio formas simples de promover o laticínio nas panelas e na despensa.

A primeira dica é que o iogurte combina com praticamente todos os tipos de refeições. Doces, salgadas, molhos, tortas e até nhoque. É o que garante Thiago Brandão, chef e professor de gastronomia do Centro Universitário Iesb. “Ele pode substituir a batata do nhoque tradicional para fazer a massa”, afirma. Antes de detalhar o prato principal, principal, porém, ele sugere uma entrada. A dica de Brandão para transformar uma receita convencional em inusitada — e com iogurte — é a salada caprese.

Originalmente feita com tomate fresco, algum tipo de queijo branco (como muçarela de búfala, queijo minas ou ricota) e manjericão, a composição ganha um toque diferenciado com a entrada do laticínio. “Em vez de usar apenas a folha do manjericão, optei por batê-la com iogurte natural para criar um molho para a salada”, explica. “Por ser natural, ou seja, sem sabor, o iogurte acaba absorvendo toda a contribuição dada pelo manjericão, criando um molho extremamente leve, aromático e saboroso”, reforça.

O prato principal sugerido pelo chef parece impossível. Mas Brandão garante que o preparo do nhoque de iogurte é simples e pode ser feito sem dificuldades usando ingredientes encontrados em casa. “Ao retirar a batata, eliminamos o amido da receita. Então, precisamos acrescentar farinha para dar liga ao nhoque”, explica. Um dos truques ensinados pelo chef envolve encontrar o ponto ideal no uso da farinha a fim de evitar que a massa fique muito pesada. “Primeiro, tem que fazer um creme espesso do iogurte com um ovo porque essa base ajuda a diminuir a quantidade de farinha que vamos utilizar”, ensina.

A matéria completa para assinantes está aqui. Para assinar, clique aqui.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK