Brasília-DF,
21/SET/2021

Há o momento certo para saborear alimentos que aumentam o desejo sexual

Além de acompanhamentos contraindicados, como ingredientes ricos em açúcar e carboidrato

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:15/11/2014 09:38

Mix de frutos do mar grelhados do Dalí Camões: ingredientes são leves e boa fonte de energia (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Mix de frutos do mar grelhados do Dalí Camões: ingredientes são leves e boa fonte de energia

Jantar à luz de velas. O aroma de lavanda no ar, uma garrafa de champanhe deitada no gelo, taças já cheias, rosas vermelhas na penumbra da mesa e um prato de ostras salpicadas com molho picante. Uma refeição digna de Afrodite, deusa grega do amor, da beleza, da ternura e da sensualidade, e que funciona. Mas especialistas alertam que há mitos sobre ingredientes que aumentam o apetite sexual e/ou melhoram a performance. Quando ciente daqueles que realmente fazem efeito, porém, cozinheiros profissionais e amadores conseguem explorá-los sem muitas dificuldades.

A doutora em ciência dos alimentos Ana Vládia Moreira explica que os afrodisíacos provocam relações químicas e bioquímicas no organismo. “Eles impactam nos hormônios e na libido.” É o caso do chocolate, geralmente combinado com o morango quando o objetivo é “apimentar” a refeição. “Além de ter uma textura que derrete na boca, que pode ser especial em um beijo, por exemplo, na forma bruta ou na meio amarga, combate o estresse e possui vitamina E, componente especialmente afrodisíaco”, detalha.

Ana Vládia Moreira enumera outros elementos com efeitos reais: o zinco e o selênio. “A ostra, que é uma grande fonte de zinco, realmente funciona.” Outros frutos do mar, como camarões e lulas, também são indicados. “Além de serem leves, a gordura deles é o ômega 3, saudável, leve e fonte de energia”, diz o nutricionista Murilo Pereira.

Segue essa linha a opção afrodisíaca do Dalí Camões. O restaurante oferece um mix composto por salmão, camarão, lulas, polvo, vieiras, patinhas de caranguejo, além de uma fatia de abacaxi e batata natural. Todos os ingredientes são grelhados e acompanhados por um molho à base de manteiga, catchup, limão e pimenta-tabasco. O picante do prato começa a ser percebido pelo cheiro dele.

Gerente do estabelecimento, Jonas Oliveira diz que também pode ser acrescentado o damasco para dar diversidade de sabor ao prato. Ainda assim, a pimenta é o maior apelo da combinação: “O sabor é o mais marcante quando toca na boca, e a mistura com as ervas dá o toque especial.” Ana Vládia Moreira ressalta que a iguaria também estimula áreas do cérebro, assim como a canela e o gengibre. “Um efeito particular. Da mesma forma que tem o doce, que acalma.”

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK