Brasília-DF,
23/SET/2021

Conheça os chefs da cidade que passaram a fabricar produtos artesanais

Os embutidos artesanais podem ser encontrados em diversos endereços de Brasília; confira

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Renata Rios Publicação:29/05/2015 07:00Atualização:29/05/2015 09:50

A procura por produtos frescos e artesanais tem crescido no Distrito Federal. São vários os restaurantes da cidade que se dedicam, por exemplo, ao ritual antigo de embutir alimentos ou a oferecer patês, geleias e até bebidas caseiras.

As técnicas são diversas. Nascidos da necessidade, quando ainda não havia refrigeração, os embutidos artesanais podem ser encontrados em diversos endereços de Brasília.

O chef André Batista foi um dos responsáveis por esse boom, que começou há cerca de dois anos, quando passou a oferecê-los a chefs e empresários locais. Antes dele, Raymond Graumans, da Casa do Holandês, já produzia as receitas que exigem técnica e muita dedicação. De vendas em supermercado, passou a comercializar frios e embutidos em três pontos fixos: Feira do Guará, SIA e Ceasa.

Um dos produtos é a costelinha ao barbecue, que demora quatro horas para ser preparada. “Primeiro, colocamos a peça na salmora. Após esse passo, cozinhamos lentamente e, para finalizar, passamos o molho barbecue”, explica Raymond.

Em Águas Claras, o chef Ville della Penna, do Piccolo Emporium, faz burrata com muçarela de búfala e cria os próprios pães.

Chefs consagrados, como Rosário Tessier, da Trattoria da Rosário, também acreditam no diferencial dos produtos feitos à mão. São muitas as receitas assinadas por ele, entre elas a conserva de atum.
Tags: celular

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK