Brasília-DF,
16/OUT/2018

Bistrô ViraMundo Café estrela o Favas Contadas da semana

O clima aconchegante e caseiro é o conceito básico que uniram as sócias Danielle Ventura e Jaqueline Filgueiras no empreendimento

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Liana Sabo Publicação:10/07/2015 06:10
 (Thomas BF/Divulgação)
Nada é mais íntimo e aconchegante do que a casa da gente. É esse conceito que as sócias Danielle Ventura, nascida em Brasília, e Jaqueline Filgueiras, de Goiás, adotam no ViraMundo Café, (Quadra 105 do Sudoeste), bistrô que parece a casa delas tal a quantidade de suvenires recolhidos em viagens por países da Europa e da América do Sul.

"Nós buscamos fazer daqui um lugar de boas distrações, no qual os clientes se sintam muito à vontade", afirma a sócia brasiliense, mais conhecida por Dani. Formada em arquivismo pela UnB, Dani Ventura interrompeu trabalho de jornalista no serviço público para se dedicar ao café, onde praticamente passa o dia.

Do mesmo modo é a dedicação de Jaque. Afinal são elas que recepcionam as pessoas, comandam os pedidos e servem os pratos - a casa não tem garçom contratado. Esse serviço é compartilhado ainda pelo terceiro sócio, Tulio Filgueiras, filho de Jaque.

Crepe de tapioca

"A ideia era manter a casa aberta só até as 20h, mas logo vimos que era impossível", relata Dani “porque para nossa surpresa vêm clientes e vizinhos beber um vinho e comer alguma coisa após esse horário”. O café surgiu depois que Jaque reencontrou o amigo e ex-colega Marcio de Abreu, formado em Direito, mas louco por gastronomia, que topou ser o chef.

No cardápio, que começa a ser servido cedo com o café da manhã, um combo (R$ 29,90) com suco, café espresso duplo ou capuccino, coalhada com granola e mel, pão da casa e crepioca, que é um crepe de tapioca polvilhado com linhaça dourada, chia e queijo doce com manteiga de maracujá. "Aqui a gente restringe a gordura e os carboidratos, resultando num menu muito próximo do que se faz em casa", explica Jaque.

Filé ao molho de cogumelo é um dos carros-chefes do ViraMundo Café (Thomas BF/Divulgação)
Filé ao molho de cogumelo é um dos carros-chefes do ViraMundo Café


Polpetone de cordeiro

Além de saladinhas e de cremes (um de aspargo e outro de abóbora com carne desfiada), o cardápio inclui entradas e seis principais, entre eles, duas carnes (filé ao molho de cogumelo e purê de batata baroa por R$ 39 e costela bovina com molho de gorgonzola e pera com mix de grãos integrais, lentilhas e mix de folhas por R$ 44).

Polpetone de carne de cordeiro recheado com ricota e hortelã e coberto com molho pomodoro é o carro-chefe, acompanhado de legumes e cuscuz marroquino por R$ 46, mesmo preço da maminha confitada com molho de vinho do Porto, panache de legumes e aligot de batata com gruyère.

Linguini com camarões e linguado ao molho de tangerina completam as sugestões do chef, que as elabora numa cozinha industrial e as remete prontas para serem aquecidas na exígua copinha, de onde saem também café coado na hora, doces, chocolates e chás. No mesmo espaço ainda há um empório com charutos, chocolates e artesanato. Telefone: 3021-6908.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK