Brasília-DF,
25/SET/2017

Culinária árabe se destaca por ser tradicionalmente leve

Quibe assado como opção para toda família

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Rebeca Oliveira Renata Rios Publicação:09/10/2015 06:00Atualização:08/10/2015 18:02
Quibe e arroz com lentilha: saúde com gosto árabe
 ( Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
Quibe e arroz com lentilha: saúde com gosto árabe

Com o dia das crianças chegando, é hora de agradar aos pequenos. Mas isso não significa frituras, refrigerante e muito açúcar. Os pais estão mais preocupados em oferecer alimentação balanceada e nutritiva para seus filhos.
A apresentadora Gabriela Kapim, do programa Socorro! Meu filho come mal, sugere algumas atitudes que podem melhorar os hábitos alimentares: “Proporcione um ambiente sem estresse, sem briga. Leve a criança ao mercado ou à feira, para que ela escolha o que vai experimentar”. Gabriela ainda prega cinco regras: fazer as refeições à mesa, sem distrações (como televisão e celulares) e sem a ajuda dos pais, experimentar novos alimentos e ter no mínimo cinco cores no prato. Fora de casa também é possível encontrar receitas saudáveis e atraentes, seja na bisnaguinha de legumes do Faz Bem, seja no bolo sem açúcar do Fica, vai ter bolo. Aprecie sem moderação!


Assados, não fritos

A culinária árabe é tradicionalmente detentora de receitas mais leves e saudáveis. Mesmo que a fritura venha logo à mente ao pensarmos em quibe, o quitute pode muito bem ser apreciado de outras maneiras. Lícia Cury, do Marzuk, destaca que o quibe assado (R$ 5) é uma ótima pedida, seja para uma refeição, seja para um lanchinho.

“Recebemos muitas famílias com crianças de todas as idades e é muito bom vê-las comendo e provando de tudo”, comenta.

O acompanhamento do quibe pode ser arroz com lentilha (R$ 49,90 — o quilo), opção que alia o saudável e o gostoso. “Mesmo com a cebola que vem por cima, as crianças aprovam,”, garante Lícia, ressaltando que a lentilha ajuda na imunidade.

Outra pedida, já com pegada mais para lanchinhos, é a pasta de grão-de-bico com tahine, húmus (R$ 53 — o quilo). “Essa pasta é versátil. Tenho clientes que preferem com pão, outros no quibe ou na esfirra”, comenta.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK