Brasília-DF,
18/SET/2021

Pratos de domínio caseiro ganham espaço nos restaurantes brasilienses

Coluna Favas Contadas indica estabelecimentos que renovaram o menu com a gastronomia popular

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Liana Sabo Publicação:11/03/2016 07:00Atualização:10/03/2016 16:06

Em time que está ganhando não se mexe. A máxima vale para o futebol, mas não para a cozinha. Quem sabe disso é o ex-jogador gaúcho, que foi craque do América (RJ), Marcelo Petrarca, 28 anos. Ao completar um ano à frente do Bloco C, o chef surpreende com um cardápio totalmente renovado. Nele, a pegada principal é de inspiração caseira, mas com uma apresentação sofisticada.


Alguns pratos vêm da memória afetiva, como os que eram servidos na família, a exemplo do ovo pochê, saborosa entradinha que vem com fonduta de grana padano trufado e flor de sal. Outros são sugeridos pela própria clientela, bastante cativa, a ponto de frequentar o restaurante três a quatro vezes por semana.


“Tenho uma relação muito próxima com os clientes e alguns me pedem uma comida que estão com vontade. Quando dá certo, guardo a receita e lanço no menu”, explica Petrarca.

Moqueca estilizada


Foi assim que ele elaborou receita de peixe branco (pode ser namorado, pescada -amarela, badejo ou garoupa) guarnecida de arroz-branco, banana-prata caramelada, farofa de cebola queimada decorada com folhas de agrião baby, por R$ 61.


O diferencial está no delicioso molho de alho, cebola, pimentão — tudo batido junto, que, segundo o chef, harmoniza bem com um Sauvignon Blanc. “As pessoas que não comem moqueca devido à aparência poderão gostar desse prato, que tem cheiro de moqueca, gosto de moqueca, mas não tem a cara”, afirma.


Outra ideia resgatada é a maionese de batata, típica do sul, que acompanha um filé (R$ 54), ou o estrogonofe de filé com arroz cremoso e batata palha, servido no almoço por R$ 49, com direito a minissalada. Por falar em filé, há um com rapadura, imbatível, que jamais poderá abandonar o menu. Vem ao molho rôti e com risoto por, R$ 74, somente no jantar.

Espaço privativo


A renovação do menu coincide com a abertura do espaço Mesa do chef, privativo para até seis pessoas, no subsolo, em frente à cozinha, nos mesmos moldes de outra sala no primeiro andar. Em tempos de temperatura máxima, são muito procurados ambientes discretos nos quais as pessoas podem falar à vontade sem vazamentos — reconhece o chef, que incluiu no menu noturno peito de pato, polvo grelhado, carré de vitelo e bacalhau assado.


Para conforto de quem espera vaga, Marcelo colocou três mesinhas altas com banquetas do lado de fora.


Algumas pessoas que estiveram lá na semana passada se depararam com o barraco provocado por um xingamento contra o ministro Jaques Wagner, que estava no japonês New Koto. Nada justifica falta de educação e de cidadania!
Reservas no Bloco C pelo telefone 3363-3062.

A festa da França

Os ingredientes que remetem à França poderão se mesclar aos regionais — como manga, ostras de Santa Catarina, flor de jambu, cupuaçu, banana-da-terra e melaço de cana, entre outros —, mas a técnica e a sequência dos pratos devem seguir o rigor francês. É assim que será celebrado, no próximo dia 21, o Goût de/Good France, evento que coloca em evidência o jeito de viver, os produtos e a gastronomia, considerada um elemento-chave da atração turística daquele país.


Com quatro participantes a mais do que no ano passado, o festival reunirá 14 restaurantes locais dispostos a protagonizar cardápio inspirado na cozinha da França, num gesto que estará sendo realizado por mais de 1.500 chefs em cinco continentes e foi inspirado no mestre francês Auguste Escofier. Em 1912, Escofier promoveu o les Diners d´Épicure (os jantares de Epicuro), evento que oferecia o mesmo menu, no mesmo dia, em várias cidades do mundo, e para o maior número de convidados.

No ar e no mar


Para o embaixador da França, Laurent Bili (na foto ao centro, com os chefs), que volta a Brasília depois de ter feito um estágio aqui no fim dos anos 1980, a cozinha do país de Bocuse, de Ducasse e de Robuchon, “se reinventa sempre e está aberta a novos sabores pesquisados pelos seus chefs”. Ele comemora o fato de ter aumentado 40% a participação brasiliense, enquanto o evento busca cada vez mais atrativos. A Air France, que servirá aos seus passageiros um menu especial no dia 21, sorteará seis passagens durante o evento no Brasil. Também os quatro navios da companhia Le Ponant vão servir cardápio francês.

Quem participa


No Brasil, 87 restaurantes vão participar da programação, sendo 27 em São Paulo, 26 no Rio de Janeiro, 10 no Nordeste, seis no Sul e 4 em Belo Horizonte, além dos 14 em Brasília. Com exceção do Aquavit, que fechou as portas no Jardim Botânico, os outros nove restaurantes da primeira edição já aderiram ao programa este ano. Alguns, porém, com outros chefs, como o Inácia Poulet Rôti, cuja cozinha é comandada pelo peruano John Ccolque, ou o Downtown, que apresenta o chef Jacob Diego.


Estreiam na segunda edição os chefs Alexandre Albanese, do Nossa Cozinha Bistrô; Lui Veronese, do Cru Balcão Criativo e Rolando Retto, do Le Plateau. Os três pilotam jantar em 22 de março, sendo que o Le Plateau celebra a festa também no dia 21. A chef Alexandra Alcoforado, ex-Inácia, volta ao evento à frente da cozinha do DOC com menu francês, conforme aprendeu na Escola Le Cordon Bleu. A grande novidade vem de Águas Claras, onde o chef Paul Sepaniak comanda o restô Paul’s no Shopping Panoramic. Veja o menu no site do Divirta-se Mais.

Últimas

Depois de uma reforma que durou três meses, ressurge o novo Fogo de Chão, ainda com tapumes protegendo algumas modificações, como a fachada repaginada, dois espaços externos com ombrelones, o bar integrado ao salão, cadeiras reformadas, novos equipamentos na cozinha e uma vitrine para a venda de produtos da marca, como facas, tábuas de carne, cachaças e vinhos.

A tradicional Galeteria Gaúcha da Rua da Igrejinha trocou de direção e vai mudar de nome. As herdeiras de Arnaldo Sonda, que fundou a marca há mais de 25 anos na Granja do Torto, preferiram ficar apenas com a filial do Lago Norte, que passa a ser única. Na Asa Sul, os novos donos vão chamar a casa de Galeteria 108 Sul, com referência à quadra, mas mantêm o mesmo cardápio, com diversificação das saladas. Funciona só no almoço.

A partir deste mês, o Clube de Engenharia retoma os contatos com os grupos interessados em ocupar o imóvel, onde funcionou a churrascaria Porcão, que fechou antes do Natal. Entre as propostas para se instalar no aprazível endereço à beira do Lago Paranoá, há a de um centro de convenções e a de diversos restaurantes.

Já tem data o evento Comida de Buteco 2016. Será de 15 de abril a 15 de maio a temporada na qual botequeiros de todo o país oferecem o melhor tira-gosto que são capazes de fazer para concorrer ao título de Melhor Buteco, depois de vencer em suas cidades.

Criada por um libanês em parceria com um dinamarquês nas cercanias de Beirute, chegou a Brasília a cerveja 961 Beer (o número é o do DDI do Líbano), que estreou no Empório Árabe pelas mãos do importador Patrick Bared, para quem a bebida “é feita com alma, porque é preciso muita atitude e paixão para criar uma cerveja nas condições de um país em guerra”. Vem em quatro estilos: Lager, Witbier, Red Ale e Porter, além de uma edição especial, a Lebanese Pale Ale.

Quando abril chegar, a rede Outback vai inaugurar a quarta casa na capital, desta vez no térreo do Shopping Venâncio 2000, tradicional endereço no coração da cidade, por onde passam centenas de pessoas diariamente. A grife, cujo cardápio segue temática australiana com carnes e molhos picantes, prepara ambiente de 226 lugares.


Goût de/Good France


1.500 CHEFS, 1500 MENUS, 150 EMBAIXADAS EM 5 CONTINENTES

Após o sucesso de seu lançamento em 2015, o Goût de/Good France volta a celebrar no dia 21 de março, em todo o mundo, a cozinha francesa, esperando tornar-se um evento perene.

Organizado pelo chef Alain Ducasse e pelo Ministério francês das Relações Exteriores e do Desenvolvimento Internacional, o Goût de/Good France, coloca em evidência o jeito de viver francês, os produtos locais e valoriza a apelação France. Mais do que nunca, a gastronomia é um elemento-chave da atratividade turística do país.

Inspirado no chefe francês Auguste Escofier, que, em 1912, promoveu os chamados “les Dîners d’Épicure” (Os jantares de Epícuro) – evento que oferecia o mesmo menu, no mesmo dia, em várias cidades do mundo e para o maior número de convidados, o Goût de/Good France retoma essa bela ideia, associando restaurantes dos quatro cantos do mundo.

Mais de 1.500 chefes em 5 continentes farão, assim, uma homenagem à excelência da gastronomia francesa e a seus valores de partilha em torno de um menu voltado para receitas inspiradas no savoir-faire francês. Os restaurantes participantes são convidados a criar um menu a partir da seguinte sequência: aperitivo e canapés, entrada, prato principal, queijos, sobremesas, harmonizados com vinhos e champanhes franceses. Além dos restaurantes participantes, as embaixadas francesas também vão se associar ao evento organizando jantares nas residências dos embaixadores.

 

Esse ano, Goût de/Good France acontecerá também no ar (Air France servirá aos seus passageiros um menu Goût de/Good France) e no mar (os quatros navios da companhia Le Ponant vão servir também um menu especial para seus passageiros). No Brasil, 86 restaurantes vão participar do evento.

O conjunto dos restaurantes participantes do Goût de/Good France pode ser encontrado no site www.goodfrance.com. O internauta pode encontrar os participantes em sua cidade. Inúmeros chefes já divulgaram no site o menu que irão oferecer, permitindo a todos que conheçam o jantar que irão saborear dia 21 de março. Basta reservar sua mesa no restaurante de sua preferência o mais rápido possível.

No Brasil, na noite do Goût de/Good France, delicie-se com os sabores da França e concorra a passagens da Air France!

Inácia - chef Ccolque Jhon
(21 de março)

Crepe de pêra com foie gras
Peixe no papelote (papelote de filé de Sirigado com purê trufado, aspargos frescos, mini cebolas, ovo de codorna e tomate cereja)
Confit de pato finamente aromatizado com mix de aspargos frescos, vagem francesa, shitake e purê de banana da terra
Camembert, Brie, Comté e Roquefort
Mousse de chocolate com sorvete de creme e calda de frutas vermelhas

Preço: 450 R$
Reservas: (061) 3325 4006
Endereço: SHC/SUL - Cl 103, Bloco B, Loja 34
Site: http://www.inaciabsb.com/


Aliança francesa - chef Lionel Ortega

(21 de março)

Creme brûlée de foie gras, espuma de champignons
Filé de salmão grelhado em crosta de batata, ratatouille ao molho de rúcula
Queijo de cabra empanada, algumass folhas e azeite de avelã
Crocante de banana caramelizada, mousse de baunilha e calda de café
Preço: 225 R$
Reservas: (061) 8271 1718
Endereço: Aliança francesa Asa Sul, SEPS 708/907,lote A, Brasília - DF, 70390-079
Site: http://www.afbrasilia.org.br


Daniel Briand
(21 de março)

Canapé blinis de salmão defumado caseiro, mozarella, macaron salgado, roquefort e pepino, verrine niçoise, crumble de boursin
Salada de foie gras mi-cuit (caseiro) e chutney de manga
Pato com laranja e nabo caramelizado, puré de batata baroa
Sobremesa a base de fruta cítrica brasileira
Feuille d’automne

Preço sem vinho: 180 R$
Reservas: (061) 3326 1135
Endereço: CLN 104 - Bloco A - Loja26
Site: http://www.cafedanielbriand.com/

Grand Cru - chef Leonidas Neto e Alexandre Aroucha

(21 de março)

Amuse-bouche: terrine de foie gras desidratada em sal grosso sobre brioche tostado e gelatina de moscatel
Ostras frescas de Santa Catarina com picles de flor de jambu e torresmo
Pirarucu defumado artesanalmente na casa com consommé de tucupi, sagu e stick de polvilho azedo
Corte Nóix (Beef Passion) com molho de tutano, redução de beaujolais e canjiquinha
Camembert com compota de pêras e croutons de especiarias
Sorbet de limão galego
Sequência de macarons com diferentes graduações de chocolate

Preço: 330 R$
Reservas: (061) 3368 6868
Endereço: SHIS QI 9/11 conjunto L loja 06
Site: www.grandcrubsb.com.br

Restaurante Escola Senac Downtown - chef Jacob Diego
(21 de março – almoço)

Camarões e lagostins sauteés em bisque ao Champagne
Boeuf Bourguignon acompanhado de purê de batata
Éclair ao creme de laranja

Preço: 48,00 R$
Reservas: (061) 3327 6456
Endereço: SBN Quadra 01, Bloco B, N. 14, térreo do edifício da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC)
Site: http://www.senac.br/unidades/restaurantes-escola.aspx

Trio Gastronomia - chef Emerson Mantovani
(22 de março)

Terrine de Banana da Terra, Foie Gras e Cupuaçu em Calda Picante de Canela
Pirarucu e Vieiras pochés em Tucupi com Farofa de pipoca
Boeuf Bourguignon com Castanhas e Trilogia de Mandiocas (aligot com queijo serra da canastra, chips de mandioca e espuma de mandioca)
Sorbet de queijos franceses
Brigadeiro de Chocolate Branco, Frutas Vermelhas Maceradas e Espumante
Madeleine de Limão Cravo

Preço: 350 R$
Reservas: (061) 3346 2845
Endereço: SCLS 213 Bloco "A" Loja 27/Subsolo, Brasília, DF
Site: www.triogastronomia.com.br

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK