Brasília-DF,
17/SET/2021

Dia dos Namorados: aproveite a data para degustar pratos especiais com o seu amor

Conheça alguns restaurantes em Brasília que terão menu especial com diversas refeições para o Dia dos Namorados

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Renata Rios Sara Campos - Especial para o Correio Publicação:10/06/2016 07:00Atualização:09/06/2016 12:04

 (Minervino Junior/CB/D.A Press)

 

Domingo é o Dia dos Namorados e, com a data, vem aquela vontade de celebrar o amor. Mas por que não passar o dia com seu amor, em uma programação deliciosamente romântica do café da manhã até a esperada sobremesa?

Entre as alternativas de um delicioso café da manhã, encontramos a Praliné. A confeitaria oferece bufê com diversas opções para agradar aos comensais. Ou, para quem preferir ficar na cama e deixar a comilança para a tarde, um agradável lanche, como o oferecido na creperia Camom. “Temos waffles e crepes para todos os gostos. Acho um lanche romântico, especialmente as versões com frutas vermelhas e chocolate”, afirma Ana Beatriz Arcoverde.
Já para almoço e jantar, o tom escolhido pode ser o do italiano Ninny. “A culinária mediterrânea não costuma usar muitas carnes. Ela é uma comida mais saudável”, explica o chef Ninny.

O vinho também combina com o clima romântico que a refeição promete. Pensando nisso, o menu do Dia dos Namorados do Inácia Poulet Rôti harmoniza pratos com a bebida ideal.
Para finalizar, os comensais ainda podem escolher uma bela fatia de brownie. “Para o Dia dos Namorados faremos os brownies em formato de coração. Costumamos ter um movimento bom na data — vale a pena fazer algo diferente”, afirma Natanri Fernanda Rodrigues, da Brou’né.

A outra sugestão é a fondue, tão procurada por casais apaixonados, além de ser ótima para os dias frios. “Eu e meu marido achamos comer fondue algo muito romântico. Quisemos trazer essa experiência que tivemos em nossas viagens ao público brasiliense”, ressalta Sônia Fujimoto, do La Bonne Fondue.

Para escolher

 (Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)

A confeitaria suíça Praliné tem 43 anos de história na capital. Atualmente, Marion Vendramini (filha do fundador) administra a confeitaria. O bufê foi criado há cerca de 10 anos e é um dos fortes da casa. Nas mesas, repletas de comidas mais variadas possíveis, é impossível não encontrar algum preparo que agrade.

Para o domingo do Dia dos Namorados, o local está preparando um brunch especial (R$ 38,50), disponível das 7h às 14h. “Nos domingos o brunch tem espumante à vontade para quem opta por ele”, anuncia a proprietária. Entre os muitos preparos oferecidos, Marion cita tapioca, omelete, bacon, ovos mexidos, salgados fritos e assados, pães variados, frios. “Isso além dos doces, como tarteletes, waffle, brigadeiros, bombinhas de chocolate, folheado de frutas e muitos outros”, completa.

Ainda aproveitando os doces, vale a pena conferir os bombons, que, além de deliciosos, são um ótimo mimo. “São muito sabores; vendemos o bombom no peso (R$ 20 — 100g) — aí pode misturar”, informa. Entre os recheios que Marion destaca estão caramelo, menta, pinga e licor de cereja.

Bons vinhos
 (Jhonatan Vieira/Esp. CB/D.A Press)

Dia dos namorados que se preze tem que ter bons vinhos. Pensando nisso, o chef Jhon Ccolque Castañeda, do Inácia Poulet Rôti, montou menu especial para o Dia dos Namorados. O pacote, com entrada, prato principal e sobremesa — todos hamonizados com vinhos ideais, sai por R$ 150, por pessoa. São duas opções para cada etapa do menu.

A entrada pode ser o ceviche clássico ou o polvo marinado com alho desidratado acompanhado de batatas-bolinha e ervas perfumadas. O destaque vai para o salmão, um dos pratos principais do menu.

“É um salmão confit, regado ao molho de anchovas e alcaparras, acompanhado de risoto de limão siciliano e cebolas confit”, explica Ccolque. Ele afirma, que o risoto dá um toque refrescante ao preparo, enquanto as cebolas confitadas deixam um sabor adocicado.

O gran finale vem na hora da sobremesa. A primeira opção é uma fogueira de churros com doce de leite. Nesse caso, o preparo vem sem recheio acompanhado por um pote do doce. A outra pedida é o suspiro do amor com creme de chantili e canela queimada.

Novidades a caminho

Desde a entrada de Jhon Ccolque Castañeda na casa, há cerca de cinco meses, o Inácio começou a apostar em um menu mais variado. Atualmente, o cardápio conta com preparos de diversas proteínas, além de prato vegetarianos, por exemplo. Para o mês de julho, mais novidades estão a caminho.

Massas vegetarianas


Os vegetarianos também amam. Pensando nisso o chef do restaurante Ninny, Antônio di Giovanni, conhecido pelo mesmo nome de seu estabelecimento, usa e abusa da culinária mediterrânea para agradar com estilo. Ele destaca que o estilo, por ser bem leve, valoriza ingredientes frescos. “A carne vermelha é muito pouco usada. O peixe aparece bem mais, por exemplo”, afirma o chef.


Entre os pratos que Ninny sugere, está o nhoque alla sorrentina (R$ 72 — pequeno; R$ 109 — o grande), no qual a massa é regada com o molho de tomates italianos e leva também, muçarela de búfala e manjericão para aromatizar. Ninny explica que a massa do nhoque foi muito usada como uma maneira de enfrentar a crise.
“Como tem muito amido, isso dá uma sensação de saciedade. A pessoa come e não precisa de carne; só o nhoque a satisfaz”, explica o chef.


Outra pedida que Ninny oferece é o pappardelle regado ao pesto alla genoves (R$ 59 — individual; R$ 85 — prato duplo; e R$ 99 — a tigela).
“Esse molho é à base de basílico, com pinoli, parmesão, azeite de oliva extravirgem e aromatizado com parmesão. Esses ingredientes são parte da dieta mediterrânea. São leves”, finaliza o chef.

Regional com influência contemporânea

 (Minervino Junior/CB/D.A Press)

Após passar uma temporada no restaurante espanhol El Celler de Can Roca, eleito o melhor do mundo pela revista britânica Restaurant em 2015, a personal chef Alison Baretta prepara um menu contemporâneo com toques regionais para pronta entrega.


O cardápio (R$ 150 — duas pessoas) inclui entrada (gelatina de açaí com sopa fria de amêndoas e crocante de castanha de baru), prato principal (coxa de pato cozida a vácuo em baixa temperatura com redução de tucupi acompanhada de purê de pupunha e crispy de ora-pro-nóbis) e dupla de quindins (tradicional e de açúcar mascavo cobertos por creme inglês com cumaru).


“Gosto muito de ingredientes amazônicos e do cerrado. Também escolhi a ora-pró-nobis por ser um insumo cada vez mais raro de ser utilizado na cozinha. É preciso resgatar a utilização dessa hortaliça não convencional”, destaca Baretta, que com os ingredientes prontos pretende enviar uma imagem com sugestão de montagem aos clientes que desejam impressionar com a apresentação dos pratos.

Sabor latino

 (Minervino Junior/CB/D.A Press)

A decoração com painéis peruanos no salão contemporâneo recebe exemplares da cozinha nikkei no restaurante Cuzco Restobar, comandado pelo trio de irmãos Eliane, Rodrigo e Emilio Fiuza e inaugurado em março deste ano.
Os pratos elaborados com receitas clássicas do menu assinado pelo chef Paulo Tarso têm como inspiração os sabores provados por Rodrigo Fiuza em viagem ao Peru.


“Meu irmão ficou impressionado com os pratos peruanos. São simples e ao mesmo tempo cheios de sabor. Eu não conhecia a especialidade, mas adorei quando provei”, ressalta Eliane. Para o Dia dos Namorados a casa aposta em duas opções em cada etapa do menu fechado composto por entrada, prato principal e sobremesa (R$ 120).
Entre as opções, estão o ceviche nikkei: salmão com molho à base de shoyu com cebola, coentro e leite de tigre guarnecido de chips de alho-poró; medalhão de filé-mignon ao molho de manga e pimenta ají amarillo com arroz de tres quesos e o robalo grelhado ao molho de açafrão com camarões escoltado por croquetes de queijo gruyère e salsa criolla.

Japonês descolado

 (Paula Rafiza/Esp. CB/D.A Press - 8/10/15 )

O ambiente urbano do Nakombi atrai casais de perfil jovem em busca de sabores japoneses. Na avaliação do proprietário, Bruno Zardo, a nova geração tem preferência por essa especialidade. “Antigamente, no Dia dos Namorados, outras especialidades tinham mais destaque. Hoje em dia, a cozinha japonesa compete de igual para igual.”
O rodízio (segunda a sexta R$ 73,90 no almoço; e R$ 83,90 no jantar e sábado e domingo), composto por mais de 70 itens como sushis, sashimis, hot rolls, guiozas e yakissobas, conta com algumas novidades.


Inspirado em um prato nova-iorquino, o niguiri crispy rice chega à mesa com arroz empanado com queijo muçarela com salmão maçaricado coberto de molho teriaki e sashimi de salmão ao molho ponzu, de cream cheese aquecido.

Waffles e crepes

 (Andre Violatti/Esp. CB/D.A Press)

Flexíveis para combinações tanto doces quanto salgados, os crepes e waffles são ótimos para um café da manhã ou lanche de Dia dos Namorados. Entre os pratos que a proprietária do Camom, Ana Beatriz Arcoverde, sugere está o waffle bobule (R$ 24,80).


O preparo chega à mesa coberto de amora, morango, framboesa e blueberry, além da tradicional e famosa, calda de chocolate da casa. “Nosso waffle tem uma massa diferenciada, a massa liev. Usamos um fermento de pão, fica mais massudo, menos parecido com um bolinho”, afirma a proprietária.


Outra alternativa é pedir o crepe bobule (R$ 29,80). “O recheio é o mesmo, mas usamos a massa do crepe para envolvê-lo, em vez de colocar as frutas e a calda sobre o waffle”, afirma.
Para quem prefere um lanchinho salgado, o crepe maple leaf (R$ 26,80) combina queijos camembert e muçarela regados com maple sirup e lascas de amêndoas.

Romance como inspiração

 (RomuloJuracy/Esp.CB)

As viagens do casal Sônia e Reinaldo Fujimoto inspiraram o menu do restaurante La Bonne Fondue. Racletes, fondues e chinoises são servidas em um salão intimista com decoração romântica ou na varanda com vista para o Lago Paranoá. “Muitos casais vivenciam experiências marcantes aqui dentro, como aniversários de casamento e pedidos de noivado. As fondues são pratos que despertam um clima de romance”, avalia Sônia.


O cardápio da casa, composto por opções variadas dos pratos franco-suíços, oferece dois sistemas: o de rodízio com fondues de queijo, carnes e frutas (R$ 79,90) e o à la carte, caso da chinoise (R$ 127 — para duas pessoas), servida com panela de caldo de legumes com vinho branco acompanhada de carne de pato, lombo, filé, peito de frango, broto de feijão, alho-poró e cogumelos paris e shiitake — e da raclete (R$ 146 — para duas pessoas), composta por camarão, peixe, presunto parma, blanquet de peru, salame, linguiça defumada, shiitake, e azeitonas e preparada com quatro tipos de queijo: ementhal, parmesão, gorgonzola e suíço.


Entre as novidades do La Bonne Fondue, está a substituição do creme de leite pela biomassa de banana verde nas fondues de queijo e a utilização do leite comum foi trocada por leites de inhame e de coco aos intolerantes à lactose.
“Percebemos a necessidade de atender casais que amam fondues, mas possuem restrições alimentares que devem ser respeitadas”, ressalta Sônia.

Deliciosos corações red velvet

 (Jhonatan Vieira/Esp. CB/D.A Press)

na brou’né, a variedade de receitas de brownie salta aos olhos dos amantes de chocolate. Os preparos trazem perdições como os bolinhos de chocolate branco, doce de leite, macadâmia, framboesa e muitos outros. O doce é vendido por peso (R$ 10,80 — 100g). “Assamos os bolos em um dia e cortamos no outro — dessa forma, o sabor fica mais apurado”, explica a proprietária, Natanri Fernanda Rodrigues.


Para o Dia dos Namorados, Natanri indica a massa red velvet em formato de coração. “A massa fica um pouco mais leve que a tradicional, além de ter sabor de baunilha”, descreve a proprietária.
Os clientes da Brou’né também poderão comprar presentes para o amado por lá. A primeira opção são as caixinhas com bolinhos, que não têm preço adicional. Outra pedida é o brownie de colher (R$ 22,80). A receita ainda vem em uma versão míni (R$ 15,90 — duas unidades).

ONDE COMER


Alison Baretta
Personal chef
Pedidos de entrega podem ser feitos das 9h às 20h pelo telefone 98168-2969.

 

Brou’né
(CLSW 301, Bl. C, lj. 74, Sudoeste; 3209-5233), aberto segunda, das 12h às 21h, de terça a sábado, das 10h às 21h; e domingo, das 12h às 21h.

 

Camom
(CLSW 302, Bl. A, lj. 38; Sudoeste; 3028-1414), aberto diariamente, das 8h à 0h.

 

Cuzco Restobar
(Rua das Pitangueiras lt.6 Edifício Easy Águas Claras; 3536-2001), aberto de terça a quinta, das 11h30 à 0h; sexta, das 11h30 a 1h; e sábado, das 11h30 à 1h.

 

Inácia Poulet Rôti
(103 Sul, Bl. B, lj. 34; 3225-4006), abeto de segunda a sábado, das 12h às 16h, e das 19h às 23h, domingo, das 12h às 16h.


La Bonne Fondue
(SCES tr.2 cj. 12 lj. 4; 3223-0005 e 99673-1414), aberto de terça a quinta, das 19h à 0h, sábado, das 19h à 0h, e domingo, das 18h às 23h. Horário especial para a semana do Dia dos Namorados: hoje, amanhã e domingo, das 18h à 0h. Reservas serão realizadas apenas para o horário das 18h.

 

Nakombi
(404 Sul Bl. B lj. 35; 3264-6888), aberto de segunda a sexta, das 12h às 14h30, e 19h às 23h, sábado, das 12h às 15h, e das 19h à 0h; domingo, das 12h às 15h, das e 19h às 23h.

 

Ninny Cose
Bone Tra Amici
(309 Norte Bl. A lj. 6; 3347-7606), aberto de segunda a sexta, das 12h às 15h, e das 18h às 23h, sábado e domingo, das 12h às 16h, e das 19h às 23h.

 

Praliné
(205 Sul Bl. A lj. 3; 3443-7490), aberto diariamente, das 7h às 21h.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK