Brasília-DF,
20/JUL/2018

Bar do Ferreira destila tradição em Águas Claras com sabores de boteco

Ritmos e pratos típicos do estabelecimento chegam na região pelas mãos da dupla Paulo Pereira e Antônio Apolinário

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Sara Campos - Especial para o Correio Publicação:29/07/2016 07:00

Dupla de sócios mantém a tradição sem deixar de inserir novidades (Carlos Moura/CB/D.A Press)
Dupla de sócios mantém a tradição sem deixar de inserir novidades


Uma das figuras mais importantes da gastronomia da cidade, o empresário Jorge Ferreira deixou seu legado em casas que imprimem sua personalidade: o gosto pelos ritmos brasileiros e pelos sabores de boteco típicos do país, com destaque para Minas Gerais e Rio de Janeiro.

O estilo das casas do restaurateur rompeu as fronteiras do Plano Piloto e chegou a Águas Claras nas mãos da dupla Paulo Pereira e Antônio Apolinário. No comando do Bar do Ferreira desde 2010, os sócios apostaram em um espaço com traços decorativos inspirados nos clássicos bares da Lapa, reduto boêmio carioca.


“Somos a primeira casa que é resultado da história dos bares inaugurados pelo Jorge. Chegamos em uma época em que o bairro tinha poucas opções para quem gosta de um clima de boteco”, ressalta Paulo Pereira, que, além de amigo, era cunhado de Jorge.

Desafios

A crise econômica enfrentada pelo país exigiu adaptações no cardápio do restaurante. A marca, conhecida pelos chopes, passou a oferecer uma carta de cervejas a preços reduzidos. “Nossa ideia foi democratizar o acesso ao bar”, analisa Antônio Apolinário, que, ao lado do sócio, pretende conquistar um público cada vez mais jovem, um dos principais perfis consumidores do bairro.

Música


A inclinação musical do grupo Ferreira também ganhou espaço no bar. Todos os dias, o local tem música ao vivo e garante espaço para novos artistas da cena musical brasiliense, como o grupo Heróis de Botequim e André 14 voltas. “Essa é uma forma que temos de impulsionar a cultura da cidade e ao mesmo tempo conquistar novos públicos”, afirma Apolinário, que também dá espaço ao grupo de humor 7 Belos, que anima a casa com stand-up comedy todas as segundas-feiras.

Petiscos


Entre os planos da marca está a ampliação de opções de petisco no cardápio, entre eles tira-gostos comuns na Região Nordeste, como a casquinha de siri; o bolinho de feijoada, popular nos bares cariocas; e o bolovo, febre que invadiu a boemia paulistana. “Estamos acertando os últimos detalhes para oferecer essas opções a quem gosta da diversidade de petiscos que encontramos Brasil afora, defende Apolinário.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

EVENTOS






OK