Brasília-DF,
20/OUT/2017

Clientes reclamam da demora em café; proprietária rebate as críticas

'Depois de uma hora, saí de lá sem comer nem beber o que havia pedido. O atendimento foi ruim, e o gerente não estava presente', reclama Augusto Almeida

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:26/07/2013 06:00Atualização:25/07/2013 17:49
Está insatisfeito com algum serviço da cidade? O restaurante não atende legal? O cinema está sujo? A boate não oferece drinques com preço justo? Os seguranças são truculentos? Então, pode pôr a boca no trombone e mandar sua reclamação pra gente: naogostei.df@dabr.com.br

Demora e erros

O corretor Augusto Almeida reclama demora em ser servido no café Abuela Goye (ParkShopping). Ele afirma que, por duas vezes, teve problemas no local. “Pedi um café e um salgado mil folhas e, após 40 minutos de espera, resolvi reclamar. A funcionária, grosseiramente, segundo Augusto, disse que ia verificar e voltou 10 minutos depois com a bebida fria. “Paguei apenas pelo café, já que o mil folhas sequer apareceu”, conta. “Na segunda vez, depois de uma hora, saí de lá sem comer nem beber o que havia pedido. O atendimento foi ruim, e o gerente não estava presente para ouvir a reclamação”, relata.

Resposta

A proprietária do café, Paula Bellinello, acredita que a demora pode ter acontecido por conta do aumento da demanda durante os fins de semana. “Todos os nossos atendentes passam por treinamento. É comum a demora na entrega dos pedidos durante os fins de semana, porque são os dias em que temos mais procura. Podemos receber as críticas diretamente na loja, para que possamos resolver o mal-entendido diante do cliente e melhorar o nosso atendimento”, afirma. Augusto confirmou ao Correio que foi contactado pela proprietária para esclarecer o problema.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]