Brasília-DF,
23/OUT/2017

DJ Rodrigo Barata Tavares aproveita o fim de semana ao lado da família

"À noite, fazemos coisas em casa, seja para curtir meu filho e o dela, seja para receber os amigos", conta

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:01/11/2013 06:03

 (Lula Lopes/Esp. CB/D.A Press)

Cofundador de um dos coletivos de DJs mais badalados da cidade, o Criolina, Rodrigo Barata Tavares prefere passar tempo com a família. Em casa, no Eixão do Lazer, em uma cachoeira ou no Centro Cultural Banco do Brasil, o artista gosta de estar acompanhado da mulher e das crianças. Festas e shows que não sejam a trabalho, só de dia. “À noite, fazemos coisas em casa, seja para curtir meu filho e o dela, seja para receber os amigos”, explica. Quando consegue tempo antes da festa semanal de segunda-feira, no Calaf, da qual o Criolina é residente, Barata gosta de aproveitar o clássico programa de cinema dentro do carro.

Sábado


Manhã

Barata começa o fim de semana cuidando do quintal. Cortar a grama, limpar o “adubo” dos cachorros. “Coisas de quem mora em casa”, diz o artista, que ainda pretende cultivar uma horta no local

Tarde

O período é variado e depende do humor. A esposa e o DJ adoram receber convidados para almoços — “Cazu, que trabalha com a gente, é maranhense e faz uma peixada maravilhosa, fora outros pratos especiais. Então, a gente junta a turma e come até cair!”, exclama. Outras opções são o stand-up paddle no Lago Paranoá ou ouvir a coleção de vinis que tem casa. “Abrimos uma cervejinha e ficamos ouvindo música a tarde inteira, muitas vezes emendando a noite”, afirma.

Noite

Barata tem um filho de nove anos e a mulher, um de oito. Quando não está trabalhando em alguma festa, a ideia é fazer um programa caseiro, como assar comida na fogueira. “Temos curtido ficar muito em casa, então temos feito fogueira para assar batatas, cebolas, abobrinhas e marshmallow. Os meninos descobriram a cebola! Com bastante sal e azeite tudo fica bom, né?”, explica.

Domingo

Manhã

A cachoeira do Córrego do Urubu, perto de casa do artista, é o destino quando a família sai toda junta: mulher, crianças e cachorros. Outra opção é levar os filhos de cada um para o parque de skate no Taquari, na subida de Sobradinho. Ou apenas um banho de lama. “As crianças ficam de cueca no quintal e fazem banho de mangueira na lama”, conta Barata.

Tarde

Para começar, um passeio no Eixão do Lazer. Depois, o artista frequenta os shows diurnos (quando ocorrem) no Parque da Cidade. Outro lugar que Barata vai com frequência é o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). “Sempre estamos no CCBB, pelas exposições e shows, e por ter um espaço bom pra criançada”, afirma.

Noite

Um programa que Barata gosta de fazer nas noites do domingo é o Cine Drive-In. “A ideia de que é o último em funcionamento da America Latina deixa a gente com vontade de estar lá sempre, pra dar gás e voz a um lugar especial. Ver filme dentro do carro naquela telona não tem preço!”, exalta.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]