Brasília-DF,
21/OUT/2017

Fotógrafo Diego Bresani conta como aproveita o fim de semana na cidade

Nas horas livres o Diego gosta de ler e ficar com a família

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:29/11/2013 06:04Atualização:28/11/2013 15:06

O fotógrafo prefere atividades caseiras, já que a semana tem uma vida agitada  (Diego Bresani/CB/D.A Press)
O fotógrafo prefere atividades caseiras, já que a semana tem uma vida agitada

O fotógrafo Diego Bresani gosta de um fim de semana tranquilo, alheio às agitações das baladas noturnas. O artista mantém uma alimentação leve, faz exercícios físicos e reserva um tempo do domingo para o almoço familiar. Quando não está no estúdio, gosta de ler sobre o próprio ofício. “Sempre reservo tempo para fotografar ou para me aprimorar com estudos”, afirma.

Sábado

Manhã


O fim de semana começa bem saudável, com uma tapioca e um suco de uva em casa. “Depois, costumo correr no Parque da Cidade e tomar uma água de coco”, conta.

Tarde

O almoço, a exemplo do café da manhã, é leve. “Vou com os amigos ao restaurante Maori (110 Norte), que tem um omelete (foto) e uma salada deliciosos!”. Após a refeição, é horário de ir a alguma biblioteca estudar fotografia e francês. “Gosto também de passar minhas tardes de sábado no estúdio editando fotos, cuidando de projetos novos”, diz.

Noite

Período de ir ao cinema ou ao teatro para “prestigiar amigos que estejam em cartaz”.

Domingo

Manhã


Para manter a forma, Diego corre com o irmão no Eixão do Lazer e depois vai tomar café da manhã na Panificadora Favorita (405 Norte). “Pão com queijo minas, suco de laranja e um pingado. Isso me faz muito feliz, mais que fotografia e teatro”, afirma.

Tarde

O almoço na casa dos pais dá o pontapé inicial. “Encontro a família, minha sobrinha Nina e meu sobrinho Luca. Muitas conversas durante o almoço”, diz o fotógrafo. Depois, Bresani aproveita para dar uma volta pelas entrequadras do Plano Piloto ou ir ao CCBB.

Noite

Hora de ficar em casa lendo e estudando. “Gosto muito de escutar Nina Simone e Billie Holiday. Num domingo à noite, pra mim, faz muito sentido”, explica. Quando não fica em casa, Diego vai ao teatro. “Ultimamente está muito corrido, mas achei muito boa a última peça que fui, Adaptação, de Gabriel F., da Cia. Teatro de Açúcar”, conta.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]