Brasília-DF,
20/OUT/2017

Fotógrafo Dalton Camargos conta o que gosta de fazer durante o fim de semana

Tomar um café, almoço em família e assistir filmes estão entre as opções de lazer do fotógrafo

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:05/12/2014 06:10Atualização:04/12/2014 14:43
 (Robert Zimmerman/Divulgação)

Fotógrafo e iluminador profissional, Dalton Camargos descobriu o interesse por luz e imagem quando cursava pedagogia, aos 20 anos. Na juventude, começou a se aproximar das artes gráficas e do teatro e viu na fotografia e na iluminação meios de se expressar artisticamente. “Não foi algo premeditado, fui me desenvolvendo aos poucos”, afirma. Autodidada, o brasiliense de 45 anos é um nome forte por trás de produções no teatro da capital e tem os fins de semana pautados pela família, por cultura e por cuidar de um espaço próprio para arte, a Alfinete Galeria, na 116 Norte.

Sábado

Manhã

Camargos costuma acordar cedo e sair com a esposa e o filho de 3 anos para um café. Se o tempo estiver bom, é costume usar a bicicleta e ir até o Ernesto Café (115 Sul) ou à Bellini (113 Sul) para fazer o desjejum e depois passar em uma feira de verduras para compras. “Preferimos fazer coisas que não precisem de carro”, conta

Tarde

Durante a tarde, depois de comer uma feijoada com a família no Bar Brasília (506 Sul), no Paulicéia (113 Sul) ou no Amigão (506 Sul), o fotógrafo e iluminador se dedica à Alfinete Galeria, espaço do qual está à frente há cerca de um ano e meio. Ali, vários artistas e expositores têm espaço para divulgar a própria arte.

Noite

Após sair da galeria, que funciona até as 20h, Dalton procura por peças de teatro, shows de música ou assistir a filmes, em especial no CasaPark.

Domingo

Manhã

As manhãs de domingo têm destino certo: o Bistrô Bom demais, localizado no CCBB. “O local é incrível, com um café excelente, tem eventos para crianças, é muito prazeroso”, conta Camargos. A dica é chegar cedo, pois a concorrência pelo espaço é grande.

Tarde

Quando não há almoço em família, as tardes de domingo são no restaurante Beirute (109 Sul), para comer o tradicional filé à parmegiana. Outra opção é saborear a costelinha de porco do restaurante Trem da Serra, que fica em Sobradinho. Depois do almoço, Camargos vai ao CCBB com a família para conferir novas exposições, ou aproveitar eventos de rua que acontecem na cidade.

Noite

Quando chega a noite de domingo, é hora de descansar. “Geralmente jantamos em casa, pois as baterias já estão completamente descarregadas”, conta, entre risos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]