Brasília-DF,
23/OUT/2017

Brasiliense Rafael Ktuh estrela a Minha Agenda da semana; confira

Ele divide seu tempo entre as atividades de designer, produtor de eventos e DJ pelo Coletivo Índios

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:27/02/2015 06:01Atualização:27/02/2015 11:12
 (Patrícia Gontijo/Divulgação)
Com 29 anos, Rafael Ktuh, é uma daquelas pessoas que fazem de tudo. O brasiliense é designer, produtor de eventos e DJ pelo Coletivo Índios, que vem bombando nas festas da capital. "Faço parte há três anos do Coletivo Índios e me abriu a possibilidade trabalhar com música em muitas áreas", conta Rafael, que adora discotecar misturando indie tock, trap e hip-hop. Como DJ e produtor, Ktuh tem uma vida social bem movimentada, que "começa na quarta-feira e se estende até a madrugada de domingo". No fim de semana, o jovem se divide entre trabalho, encontro com amigos, refeições fora de casa e sessões de cinema.

Sábado

Manhã

"Meu sábado começa com uma dormida longa e revigorante", conta Rafael que, normalmente, passa a madrugada tocando na festa Play! (904 sul), onde é DJ residente, ou coordenando alguma festa de sua produtora.

Tarde

Quando acorda, a opção favorita do produtor é almoçar com amigos no Beirute (107 Norte). "É o melhor filé à parmegiana da cidade", opina. Às vezes, divide a tarde com os compromissos de trabalho. Quando está mais tranquilo, aproveita para "ficar papeando acompanhado de uma cerveja", e emenda o almoço no bar Campinense (410 Norte).

Noite

Sábado e festa são praticamente sinônimos para Rafael. Quando não é alguma que produziu ou em que vai tocar, ele aproveita para prestigiar amigos DJs ou produtores. "É importante valorizar projetos alheios", conta.

Domingo

Manhã

"A exemplo do sábado, meu domingo começa bem preguiçoso", confessa. Quando acorda cedo, gosta de rever algum clássico do cinema, de preferência assinado por nomes como Martin Scorsese, Quentin Tarantino e Brian de Palma.

Tarde

Adepto de restaurantes e bares tradicionais e da máxima de que domingo é dia de feijoada, Ktuh bate ponto no Paulicéia (113 Sul), "a melhor feijoada da cidade". A casa também é conhecida pela picanha.

Noite

"Eu tenho um veia meio nerd", revela Rafael, aos risos. Por isso, a noite de domingo tem sempre cinema seguido de passeio em livraria para ver quadrinhos. Para finalizar, junkie food. "Meu fim de semana termina com frequência no The Fifties (Pier 21), onde tem os melhores hambúrgueres junkies", confirma.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

BARES E RESTAURANTES

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]