Brasília-DF,
20/JUN/2018

Micarecandanga e festival de jazz estão entre as opções desta semana na capital

Após um hiato de oito anos, o evento de axé retorna a capital federal

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Publicação:05/08/2013 08:36Atualização:05/08/2013 11:19

O cantor Tomate é uma das atrações da Micarecandanga (Tomate/Divulgação)
O cantor Tomate é uma das atrações da Micarecandanga
CAPITAL DO AXÉ

Depois de 8 anos longe dos brasilienses, a Micarecandanga volta com tudo em 2013. Sábado e domingo, a partir das 16h, o Autódromo Internacional Nelson Piquet (atrás do Estádio Mané Garrincha) recebe os shows de Psirico, Chiclete com Banana, Tomate, Harmonia do Samba, Saulo Fernandes, Asa de Águia e Timbalada. Os abadás serão entregues no dia das apresentações, a partir das 10h, na bilheteria do autódromo. Os valores dos ingressos variam de R$ 230 a R$ 70. Não recomendado para menores de 16 anos (blocos) e 18 anos (camarote).

JAZZ NO PARQUE

O Parque da Cidade Sarah Kubitschek é novamente o cenário do festival internacional I Love Jazz. No sábado, às 17h30, Judy Carmichael Quartet abre a programação, que ainda inclui Butch Miles Jazz Express Big Band e Niki Haris Quartet. Domingo, a partir do mesmo horário, o som fica por conta do Orange Kellin's New Orleans Deluxe Orchestra e do Pink Turtle. Entrada franca. Informações: www.ilovejazz.com.br. Classificação indicativa livre.

BEATLEMANIA


O DVD All you need is love — Ao vivo na Inglaterra será lançado sábado, às 21h, no Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Eixo Monumental). Baseado na obra dos Beatles, o espetáculo recria a magia das décadas de 1960 e 1970. Os valores dos ingressos variam de R$ 150 a R$ 60. Valores de 1º lote, meia-entrada e sujeitos à alteração. Ponto de venda: Central de Ingressos (Brasília Shopping, piso G2), Fnac (ParkShopping), pelo telefone 4003-1212 e pelo site www.ingressorapido.com.br. Informações 3364-0000. Não recomendado para menores de 12 anos.

MEMÓRIA VIVA

Começa na terça-feira a exposição Resistir é preciso, no Centro Cultural Banco do Brasil (SCES, Tc. 2; 3108-7600). A partir de uma linha do tempo, a mostra conta como os meios de comunicação resistiram ao período da ditadura militar no Brasil. Obras de arte e documentos históricos, organizados pelo Instituto Vladimir Herzog, mantêm viva a memória dos profissionais que foram presos, torturados e assassinados. Até 22 de setembro. Visitas de terça a domingo, das 9h às 21h. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

MÚSICA BRASILEIRA

De sexta a domingo, na Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional (SCTN, Via N2), o Festival Sinfônico tem apresentações da Orquestra Filarmônica de Brasília (OFB) com vários convidados. Na abertura, às 21h, Ivan Lins e Beto Dourah interpretam canções da música popular brasileira, com arranjos de Joaquim França. Sábado, também às 21h, é a vez de Oswaldo Montenegro e Alberto Sales. Domingo, às 20h, de Guilherme Arantes e Eduardo Rangel. Ingressos: R$ 150 e R$ 75 (meia). Informações: 3325-6239. Classificação indicativa livre.

CONEXÃO BRASÍLIA-RIO


Acompanhado por músicos da cidade, Monarco faz show na Apcef  (Rogerio Reis/Divulgação)
Acompanhado por músicos da cidade, Monarco faz show na Apcef
Monarco faz show na sexta, às 21h, na Apcef (SCEN, Tc. 3). Acompanhado por músicos da cidade, o líder da Velha Guarda da Portela canta Vai vadiar e Coração em desalinho, entre outros sucessos. Os cantores Serginho Procópio e Dhi Ribeiro completam a festa. Ingressos: R$ 100 (mesa para quatro pessoas); R$ 25 (antecipados) e R$ 30 (na hora), individuais. Valor de meia-entrada. Doadores de 1kg de alimento não perecível também pagam meia. Pontos de venda: Cia. de Dança Marcelo Amorim (710 Norte) e Balaio Café (201 Norte). Informações: 9982-0123. Não recomendado para menores de 18 anos.

DRAMAS REAIS

O Teatro da Caixa Cultural (SBS, Q. 4; 3206-9448) recebe, sexta e sábado, às 20h; e domingo, às 17h, a peça Ficção. Dirigida por Leonardo Moreira, a montagem é baseada em relatos biográficos de cada ator e, a partir disso, um jogo cênico é criado, misturando vida real e criação artística. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia também para doadores de livro). Não recomendado para menores de 18 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES