Brasília-DF,
21/OUT/2018

Coluna Sons da noite traz shows de Gal Costa, Marisa Monte e Arlindo Cruz

Em turnê pelo país desde 2012 com o Recanto, finalmente Gal chega à capital no dia 1º de setembro para apresentação no Centro de Convenções

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:23/08/2013 06:35Atualização:22/08/2013 17:44
Gal Costa volta à cidade em setembro (Gilda Midani/Divulgação)
Gal Costa volta à cidade em setembro

Dona da mais bela voz da música popular brasileira, Gal Costa está distante dos palcos brasilienses há cinco anos. O último show da cantora na capital foi em 2008, no espaço de eventos do Parque da Cidade, onde interpretou clássicos da bossa nova para uma plateia de privilegiados. Em turnê pelo país desde 2012 com o Recanto, finalmente Gal chega à capital no dia 1º de setembro para apresentação no Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Acompanhada por banda liderada pelo guitarrista Pedro Baby, Gal canta músicas do álbum homônimo, como Cara do mundo, Recanto escuro, Segunda e Tudo dói (todas de Caetano Veloso); e canções que consagrou ao longo da careira, entre as quais Barato total (Gilberto Gil), Como um dia de domingo (Michel Sullivan e Paulo Massadas), Divino maravilhoso (Caetano Veloso e Gilberto Gil), Folhetim (Chico Buarque) e Vapor barato (Jards Macalé e Wali Salomão). Não recomendado para menores de 14 anos.

Para celebrar

Definidas as datas e os primeiros convidados da sexta edição do Celebrar Brasília, que volta a ocupar a área externa do Museu Nacional da República. No dia 7 de setembro, a atração principal será a Ladytron, banda inglesa de rock eletrônico, enquanto, no dia seguinte, se apresenta o grupo francês Nouvelle Vague, que, além de composições próprias, recria hits do Talking Heads e do Sex Pistols. Classificação indicativa livre.

 (Viola Junior/Esp. CB/D.A Press)
Pura verdade


Marisa Monte encantou o brasiliense com o show Verdade uma ilusão em novembro do ano passado, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães — e em dezembro, numa apresentação para servidores da Caixa Econômica, no Ginásio Nilson Nelson. Em 23 de novembro, ela traz o espetáculo de volta à cidade e ocupa o palco do Arena Brasília (Shopping Iguatemi). Não recomendado para menores de 14 anos.

Mais samba

Um show em 13 de setembro vai reunir na capital o cantor e compositor carioca Jorge Aragão e o grupo paulista Raça Negra. O encontro de sambistas de diferentes gerações e estilos será na AABB (Setor de Clubes Sul). Não recomendado para menores de 18 anos.

Chorão vive

A Banca, banda liderada pelo baixista Champignon, vai homenagear o vocalista do Charlie Brown Jr. num show Chorão eterno, em 6 de setembro, no Espaço Cultural Minas (Minas Brasília Tênis Clube). Na apresentação, sucessos da banda, como Proibida pra mim, O coro vai cumê, Papo reto, Tudo que ela gosta de escutar e Zoio de Lula. O grupo Pollo, queridinho entre adolescentes, faz a abertura.

Vanguarda paulistana

Arrigo Barnabé e Vânia Bastos, dois representantes da Vanguarda Paulistana, movimento ocorrido na década de 1970, vêm à cidade em 2 de setembro para apresentação, no Espaço Cultural do Choro pelo projeto Choro & Cia — Brasil de Norte a Sul. No show, os dois fazem uma espécie de retrospectiva das carreiras. Não recomendado para menores de 14 anos.

 (Elio Rizzo/Esp. CB/D.A Press)
Bandas oitentistas


Duas bandas que contribuíram para colocar Brasília no mapa da música popular brasileira estão entre os destaques da programação da 16ª edição do Porão do Rock. O Capital Inicial faz estreia no festival ao se apresentar no dia 30 próximo, em arena instalada ao lado do Estádio Mané Garrincha. Já o Paralamas do Sucesso, que tomou parte em 2003 e 2009, está de volta e toca no dia 31. Não recomendado para menores de 16 anos.

Novo conceito

Quem for à Bomfim, que ocorre em 31 próximo, a partir das 14h, à margem do Lago Paranoá, ao lado do Lake Side, vai curtir um novo conceito de balada. O local, coberto com areia de praia, será transformado num espaço litorâneo e receberá megaestrutura, incluindo o palco onde a banda Surf Sessions e o DJ Sony tocarão. Não recomendado para menores de 18 anos.


 (AFP PHOTO / YASUYOSHI CHIBA)

Dose dupla


Arlindo Cruz virou freguês. O sambista, que participa do megafestival Samba Brasília, neste fim de semana, volta na próxima sexta-feira para cantar na festa do 39º aniversário do Clube do Exército. Não recomendado para menores de 16 anos.

Trabalho solo

Guitarrista e diretor musical da banda que acompanha Ellen Oléria, Pedro Martins mostrará seu trabalho solo em show na próxima quarta-feira, às 22h, na área externa do Museu Nacional da República. Ele terá a companhia de Felipe Viegas (teclados), Renato Galvão (bateria) e Frederico Heliodoro (baixo). Classificação indicativa livre.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES