Brasília-DF,
20/OUT/2018

Próximos ao centro da cidade, locais de pesque-pague unem pescaria e lazer

Um dos locais é o Pesque e Pague Sol Nascente (que também é hotel), nas proximidades da BR-020, entre Sobradinho e Planaltina

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Tomaz de Alvarenga - Especial para o Correio Publicação:23/08/2013 06:36
O Pesque e Pague Verde Perto, em Vicente Pires, também tem opções para quem quer só acompanhar os pescadores (Pesque e Pague Verde Perto/Divulgação)
O Pesque e Pague Verde Perto, em Vicente Pires, também tem opções para quem quer só acompanhar os pescadores

A pescaria é uma excelente opção para quem quer sair do agito da cidade, estreitar o contato com a natureza e descansar o corpo e a mente. A alguns quilômetros do Plano Piloto, vários estabelecimentos de pesque-pague apostam na combinação de pescaria e lazer para toda a família.

Um dos locais é o Pesque e Pague Sol Nascente (que também é hotel), nas proximidades da BR-020, entre Sobradinho e Planaltina. “Temos oito tanques à disposição dos clientes, que não precisam se hospedar para usufruir dos serviços”, ressalta Wilson Junior, gerente. O peixe pescado não é devolvido e o cliente paga pelo peso. Varas e iscas também são alugadas.

Outra opção é o Centro de Lazer Flamboyant, localizado no Núcleo Rural Ponte Alta Norte, no Gama. “Recebemos até 500 pessoas nos fins de semana, a maioria vem apenas para curtir e relaxar”, atesta o proprietário, José de Jesus Batalha. No local, que também possui bar e restaurante, a pesca pode ser esportiva (quando a pessoa paga uma diária, pesca e devolve o animal) ou tradicional, com a possibilidade de levar o peixe para casa — ou consumi-lo na hora.

Em Vicente Pires, o Pesque e Pague Verde Perto aposta na estrutura como diferencial. “Quem não quiser pescar, pode vir apenas para acompanhar o pescador e nadar nas piscinas”, esclarece o gerente, Wolmar Monteiro. Todos os locais limpam os peixes pescados e permitem o acesso de utensílios para a pesca.

Pesque e Pague Sol Nascente

Próximo da BR-020, entre Sobradinho e Planaltina; Valor do peixe pescado no pesque-pague: tilápia (R$ 12 o kg), e surubim (R$ 22 o kg); aluguel de vara (R$ 2) e isca (R$ 1).; pesca esportiva: R$ 20 (diária); Funcionamento: sábado e domingo, das 8h às 17h; Informações 3501-0096 e 9668-7094

Centro de Lazer Flamboyant – Pesque e Pague

Núcleo Rural Ponte Alta Norte, no Gama (vias de acesso: DF-475 e VC-351); Valor do peixe pescado no pesque-pague: R$ 15 o kg e R$ 5 para usufruir do espaço; aluguel de vara (R$ 4) e isca (R$ 4); pesca esportiva: R$ 20 (diária); Funcionamento: sábado e domingo, das 8h às 18h; Informações:
9206-1381 e 3702-9496

Pesque e Pague Verde Perto

EPTG, Chácara 56, Vicente Pires; Valor do peixe pescado no pesque-pague: R$ 15 o kg e R$ 10 para usufruir do espaço (já com direito a todo o equipamento para pescar); pesca esportiva: R$ 20 (diária); Funcionamento: sexta a domingo, das 9h às 18h; Informações: 8123-7010

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES