Brasília-DF,
25/SET/2018

Discípulo de Altamiro Carrilho, Sérgio Morais presta tributo ao mestre da flauta

O músico teve o primeiro contato com o homenageado no começo da década passada, apresentado por Reco do Bandolim

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Irlam Rocha Lima Publicação:23/08/2013 06:38Atualização:22/08/2013 18:45
O músico vai homenagear o mestre da flauta (Jefferson Norlei/Divulgação)
O músico vai homenagear o mestre da flauta
Em maio de 2012, Sérgio Morais foi um dos organizadores do último show de Altamiro Carrilho, promovido pelo Clube do Choro. Discípulo do mestre da flauta, ela agora vai homenageá-lo, um ano depois da morte, em apresentação neste sábado (24/8), às 21h, no Espaço Cultural do Choro, tendo a companhia de Fernando César (violão 7 cordas), Pedro Vasconcellos (cavaquinho) e Júnior Viegas (pandeiro).

Saiba mais...







"Falar de Altamiro é fácil e difícil para mim, Fácil por sua genialidade que o levou a uma vasta produção musical como flautista e também compositor. Difícil pela mesma genialidade: seriam necessárias páginas e mais páginas para enumerar tamanhos feitos importantes para a música brasileira, produzidos por ele", diz Sérgio, que teve o primeiro contato com o homenageado no começo da década passada, apresentado por Reco do Bandolim, presidente do Clube do Choro.

Na criação do roteiro do show, Sérgio, que é professor de flauta da Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello, mesclou composições de Altamiro como Bem Brasil, O imitador e Aeroporto do Galeão, com choros clássicos da obra de Pixinguinha, Jacob do Bandolim e Waldir Azevedo, que faziam parte do repertório de Altamiro, de quem herdou uma flauta. Haynes, de 1950.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES