Brasília-DF,
24/OUT/2018

Exposição traça panorama do desenho contemporâneo na capital

Nossa exposição de desenhos está em cartaz na Casa da Cultura da América Latina

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
Nahima Maciel Publicação:02/09/2013 08:17Atualização:02/09/2013 10:42
 (Eduardo Verderame/Divulgação)

Na arte contemporânea, desenho pode ser uma definição muita vasta. Na maioria das vezes, engloba uma quantidade tão grande de suportes e técnicas, que é inútil querer enxergar apenas o fruto dos tradicionais lápis e papel. Em Nossa exposição de desenhos, em cartaz na Casa da Cultura da América Latina (CAL), o papel vem acompanhado de materiais como acrílico, madeira, embalagens descartáveis, fones de ouvido, vídeo e sons. Ao idealizar a mostra, há três anos, a curadora Polyanna Morgana queria entender e descobrir como os artistas da cidade se dedicam ao desenho. Reuniu 22 nomes e ocupou todas as salas expositivas do espaço para traçar um panorama do desenho contemporâneo na capital. E o resultado é cheio de delicadezas e curiosidades.

Além de artistas do Planalto Central, a curadora inseriu nomes de São Paulo, Alagoas e Minas Gerais. “Pensei em colocar pessoas que tivessem uma pegada mais ligada à instalação, que usassem palavras ou pensassem o desenho como uma coisa processual.”

Um trabalho emblemático da postura da curadora é a instalação de Allan de Lana, na galeria de bolso da CAL. O desenho não é o produto final, mas serviu de base para a obra. Uma noite, depois de ser acordado por barulhos bizarros, De Lana começou a tentar reproduzir em desenho os sons que ouvia. Foi o primeiro passo para a instalação.

Nossa exposição de desenhos
Exposição de 23 artistas. Curadoria: Polyanna Morgana. Visitação até 6 de outubro, diariamente, das 9h às 18, na Casa da Cultura da América Latina (CAL — SCS Qd 4, Ed. Anápolis)

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

CINEMA

TODOS OS FILMES [+]

BARES E RESTAURANTES